Topo

Volante do Atlético de Madrid vai deixar o clube após 1 temporada

2019-06-18T11:54:00

18/06/2019 11h54

Madri, 18 jun (EFE).- O volante espanhol Rodri decidiu que não seguirá defendendo o Atlético de Madrid, após apenas uma temporada, para se juntar a um novo clube, supostamente, Manchester City ou Bayern de Munique, que estariam dispostos a pagar a multa rescisória de 70 milhões de euros (R$ 174,7 milhões).

A informação foi divulgada nesta terça-feira pelo jornal esportivo espanhol "Marca" e confirmada pela Agência Efe, encerrando uma novela que foi iniciada ainda durante a recém-encerrada temporada, sobre o desejo de permanecer ou sair dos 'Colchoneros'.

Rodri, que foi contratado junto ao Villarreal, há um ano, por 25 milhões de euros (R$ 109,2 milhões, em valores atuais), é apontado como reforço do City, que é comandado pelo também espanhol Josep Guardiola, mas também estaria na mira do Bayern de Munique.

O jogador, embora já tenha decidido pelo adeus do Atlético, que defendeu em 47 das 51 partidas do clube na temporada, ainda não anunciou publicamente o destino para a próxima temporada.

Com a perda de Rodri, o time comandado pelo argentino Diego Simeone já se movimenta na busca por um substituto. O favorito é o volante espanhol Marcos Llorente, reserva do brasileiro Casemiro no Real Madrid, que, segundo a imprensa local, está próximo. EFE

Mais Esporte