Topo

Sensação Colômbia encara a surpresa Catar em duelo de técnicos europeus

2019-06-18T11:36:00

18/06/2019 11h36

São Paulo, 18 jun (EFE).- A Colômbia, que começou a Copa América com uma boa atuação e vitória sobre a Argentina, enfrentará nesta quarta-feira, no Morumbi, às 18h30 (de Brasília), o Catar, que estreou com um surpreendente empate com o Paraguai.

O duelo, que já envolve uma das seleções convidadas para participar da competição sul-americana, terá dois técnicos europeus no banco de reservas, o português Carlos Queiroz, nos 'Cafeteros', e o espanhol Félix Sánchez, que comanda os campeões asiáticos.

Os colombianos chegam em situação confortável, após terem passado pelos argentinos por 2 a 0, na Fonte Nova. Com o resultado, basta uma vitória simples para carimbar passaporte às quartas de final. Caso ganhe o jogo, e haja empate no duelo entre paraguaios e a 'Albiceleste', além disso, o primeiro lugar estará assegurado.

O Catar, por sua vez, ao empatar com os paraguaios na primeira rodada, vai atrás de alcançar a marca de quatro pontos, que, provavelmente, dará lugar na próxima fase, ao menos, com um dos melhores terceiros colocados da Copa América.

A comemoração da Colômbia sobre o resultado da estreia, a primeira vitória sobre a Argentina desde 2007, quando fizeram 2 a 1 em Bogotá, pelas Eliminatórias para a Copa do Mundo, acabou tendo um abalo, com a perda na competição de Luis Muriel, por causa de lesão no ligamento colateral do joelho esquerdo.

Os dois atacante reservas dos 'Cafeteros', Roger Martínez, que substituiu o jogador da Fiorentina, e Duván Zapata, justamente, foram os autores dos gols na vitória do último sábado. Dessa forma, eles disputam o direito de atuar ao lado de Falcao García.

Outra preocupação é quanto as condições do volante Wilmar Barrios, um dos destaques da primeira partida dos colombianos, que saiu de campo sentindo dores. Caso o atleta do Zenit São Petersburgo tenha que ficar fora, há chances de Gustavo Cuéllar, do Flamengo, atuar.

A seleção do Catar, que desembarcou no Brasil como candidata a "saco de pancadas", após levar dois gols do Paraguai, arrancou empate em 2 a 2, no Maracanã, e saiu de campo elogiada pela posse de bola, a movimentação do setor ofensivo e pela coragem.

O destaque da estreia foi o atacante Almoez Ali, artilheiro da Copa da Ásia, disputada no início do ano, e que caiu nas graças dos torcedores que foram até o estádio carioca e, em maioria, apoiaram os catarianos durante o jogo.

Nos dias que antecederam a segunda apresentação dos catarianos na Copa América, Félix Sánchez não deu pistas sobre a escalação que pretende utilizar no Morumbi.

Prováveis escalações:.

Colômbia: Ospina; Medina, Sánchez, Mina e Tesillo; Barrios (ou Cuéllar), Uribe, Cuadrado e James Rodríguez; Falcao García e Róger Martínez (ou Zapata). Técnico: Carlos Queiroz.

Catar: Al-Sheeb; Al-Rawi, Ró-Ró, Fadalla e Khoukhi; Mohammed (Boudiaf), Salman e Al-Haydos; Madibo, Afif e Ali. Técnico: Félix Sánchez.

Árbitro: Alexis Herrera (Venezuela), auxiliado por Luis Murillo (Venezuela) e Nicolás Tarán (Uruguai).

Estádio: Morumbi, em São Paulo. EFE

Mais Esporte