Topo

PSG está disposto a deixar Neymar sair após chegada de Leonardo, diz jornal

ANNE-CHRISTINE POUJOULAT/AFP
Neymar foi elogiado pela imprensa francesa no retorno ao time titular Imagem: ANNE-CHRISTINE POUJOULAT/AFP
do UOL

Do UOL, em São Paulo

2019-06-16T18:15:05

16/06/2019 18h15

Fora da Copa América, Neymar tenta se recuperar da lesão no tornozelo para voltar o quanto antes aos gramados. Porém, de acordo com o jornal francês L'Equipe, esse retorno pode não acontecer com a camisa do Paris Saint-Germain, que estaria disposto a deixar o craque brasileiro sair do clube e assinar com outra equipe ainda nesta janela de transferências.

De acordo com o veículo, a chegada de Leonardo (que já foi diretor técnico do Paris Sain-Germain de 2011 a 2013) pode dificultar a permanência de Neymar, que já foi especulado em outros grandes clubes do futebol mundial, como Real Madrid e Barcelona.

Vale lembrar que a notícia foi divulgada pelo importante site francês poucas horas depois do presidente e dono do clube parisiense, Nasser Al Khelaifi, afirmar que não ficou contente com o desempenho do time na última temporada e que não vai aceitar a presença de jogadores que não estejam comprometidos com os objetivos da equipe parisiense.

"Os jogadores terão que assumir responsabilidades muito maiores do que antes na próxima temporada. Terá que ser completamente diferente. Eles vão ter que fazer mais, trabalhar bem mais. Não estão aqui no Paris-Saint Germain para se divertirem. E se não concordarem com este ponto de vista, as portas estão abertas. Adeus! Não quero continuar a ter jogadores comportamentos de popstars", criticou o presidente do time parisiense.

Na última temporada, o PSG "colecionou" uma série de problemas, como a indisciplina de alguns jogadores do elenco, declarações mais impactantes como a de Mbappé, - que afirmou que o time tinha jogado como uma equipe amadora após a goleada sofrida pelo Lille por 5 a 1 -, e resultados muito abaixo dos esperados, com quedas precoces nas Copas nacionais e na Liga dos Campeões.

Desde que chegou em Paris, no meio de 2017, Neymar não passou das oitavas de final na Liga dos Campeões (eliminações para Real Madrid e Manchester United) e teve uma série de lesões que o impossibilitaram de estar presente em momentos importantes da temporada. No entanto, conseguiu se destacar no Campeonato Francês, sendo peça fundamental na conquista do bicampeonato nacional.

Mais Esporte