Topo

Atacante peruano diz que não há pressão na seleção após empate na estreia

2019-06-16T14:05:00

16/06/2019 14h05

Porto Alegre, 16 jun (EFE).- O atacante André Carrillo garantiu neste domingo que a seleção peruana não está pressionada pela necessidade de vitória sobre a Bolívia, após o empate com a Venezuela em estreia no grupo A da Copa América.

"Não há pressão. O que há, é motivação. As pessoas vieram no apoiar. Temos vontade de ir a campo, vencer o jogo e passar para a próxima fase", disse o jogador, logo após o treino da 'Blanqirroja, realizado em Porto Alegre, cidade onde aconteceu o jogo de ontem, na Arena do Grêmio.

O atacante Andy Polo, por sua vez, não escondeu que ainda sente um gosto amargo pelo empate sem gols com os venezuelanos, em partida que a seleção do Peru teve dois gols anulados, do meia Christofer Gonzáles e do atacante Jefferson Farfán, um em cada tempo, e parou na atuação de Wuilker Faríñez.

"Todos vimos que merecemos a vitória. O goleiro deles esteve no melhor dia. O importante é que finalizamos as jogadas, o que era algo que nos faltava nos amistosos preparatórios para a Copa América. Só nos resta seguir trabalhando",avaliou.

Os peruanos voltarão a campo nesta terça-feira, para enfrentar a Bolívia, no Maracanã, no Rio de Janeiro. EFE

Mais Esporte