Topo

Piloto morre após acidente em campeonato de motos em Interlagos

Reprodução
Danilo Berto, piloto de motovelocidade, sofreu grave acidente em Interlagos Imagem: Reprodução
do UOL

Adriano Wilkson

Do UOL, em São Paulo

2019-05-26T17:29:48

26/05/2019 17h29

O piloto Danilo Berto morreu após sofrer um grave acidente no SuperBike, campeonato de motovelocidade em Interlagos hoje. Durante o aquecimento para a prova, o piloto perdeu o controle da moto, bateu gravemente e precisou ser transportado de helicóptero ao Hospital das Clínicas, com fraturas e hemorragia interna.

Ele foi operado, mas não resistiu. Sua morte foi confirmada no final da tarde por José Carlos de Moraes, o "Pitico", dono da Pitico Race Team (PRT), equipe pela qual Berto corria. Em nota, a equipe disse estar sofrendo uma "dor dilacerante".

Foi a segunda morte em Interlagos em menos de dois meses. No começo de abril, em mais uma etapa do SuperBike, o piloto Mauricio Paludete, conhecido como "Linguiça", passou reto no S do Senna e morreu após bater no muro.

O mesmo Danilo Berto já havia sofrido um acidente grave em Interlagos. Em março do ano passado, na largada de uma prova, ele deixou sua moto empinar, caiu na pista e foi atropelado por outros pilotos.

Em entrevista ao UOL Esporte mais cedo, o dono da PRT havia dito que Berto foi operado para conter uma hemorragia interna. Depois da cirurgia, seu estado havia evoluiu bem e ele passara a respirar sem ajuda de aparelhos.

Pitico disse que não entendeu como se deu o acidente. "Eu não vi [o acidente]. Sei que ele bateu em uma barreira de colchão de ar e caiu atrás dos pneus de proteção. A moto não bateu de frente, bateu com parte de cima dela no colchão de ar. Se você olhar para a moto não dá pra entender o que acontecer. Ele deve ter subido na zebra, alguma coisa assim."

De acordo com Pitico, a equipe de socorro agiu "ultrarrápido" ao levar o piloto acidentado ao centro médico para estabilizá-lo e depois ao providenciar seu transporte ao hospital. O piloto foi atendido pelos profissionais contratados pelo campeonato e também por dois médicos contratados pela equipe.

Para ele, a organização do SuperBike tem feito o possível para aumentar o nível de segurança das corridas. "Acontece muita fatalidade. Tem dez barreiras de ar, e o cara bate justamente onde não tem a proteção. O organizador faz o que pode", afirmou. A largada da prova aconteceu cerca de uma hora depois do acidente.

Nota oficial da Pitico Race Team

A Equipe Pitico Race Team vem, infelizmente, a público informar da perda de seu piloto da categoria Pro Estreante, Danilo Berto.

Danilo vinha de um final de semana incrível, com recordes pessoais alcançados e largaria da oitava posição. No entanto, em uma das voltas do warn-up, na manhã deste domingo, o piloto perdeu o controle de sua motocicleta na curva do Pinheirinho.

Socorrido imediatamente, o piloto foi estabilizado e transferido ao Hospital das Clinicas por Helicóptero. Toda equipe médica fez o possível e o impossível, mas, lamentavelmente, Danilo estava em estado grave e não resistiu.

Hoje perdemos uma parte nossa, perdemos um membro da nossa família (insana), um cara do bem, extremamente alto astral que alegrava o dia a dia de todos! A dor que nos abate é dilacerante e falta palavras para exteriorizar o quanto estamos sofrendo. Nos resta, apenas, ter forças e dar forças aos familiares do Danilo para que juntos consigamos ultrapassar esse momento de tamanha dor.

Muito obrigado, Berto, por tudo que você nos ensinou, por todos os momentos de alegria, por cada segundo que tivemos ao seu lado! Somos eternamente gratos! Que sua alma descanse em paz e que tenhamos a sabedoria necessária para enfrentar esse terrível momento!

Mais Esporte