Topo

Marc Márquez vence em Le Mans e abre boa folga na liderança da MotoGP

19/05/2019 11h58

Le Mans (a França), 19 mai (EFE).- O espanhol Marc Márquez, da Honda, venceu neste domingo o Grande Prêmio da França de MotoGP, no circuito de Le Mans, subindo assim no topo do pódio na temporada pela terceira vez, a segunda consecutiva, o que aumentou a folga na liderança do Mundial.

Pole position da prova, o atual campeão até teve trabalho nas primeiras voltas. Logo após a largada, foi necessário segurar o ímpeto do italiano Danilo Petrucci, da Ducati. Nas volta seguintes, a ameaça foi o australiano Jack Miller, da Pramac Ducati.

Márquez conseguiu resistir bem e, depois da quinta volta, não teve mais problemas, abrindo boa vantagem e cruzando a linha de chegada sem sofrer.

O pódio da quinta etapa da temporada foi completado pelos dois pilotos da Ducati, o italiano Andrea Dovizioso e Petrucci, na segunda e terceira colocações, respectivamente. Miller acabou em quarto, logo a frente do italiano Valentino Rossi, da Yamaha.

No campeonato, Márquez chegou aos 95 pontos, o que significa ter oito de frente para Dovizioso, que recuperou a vice-liderança. Antes do início da prova, o espanhol tinha um de frente para o compatriota Álex Rins, da Suzuki, que hoje ficou apenas em décimo e foi a 75.

O ítalo-brasileiro Franco Morbidelli, da SIC Yamaha, pontuou pela terceira vez consecutiva e pela quarta na temporada, ao chegar em sétimo, com isso, foi a 25 pontos e saltou dois lugares na tabela de classificação, aparecendo agora em oitavo.

O sobrenome Márquez também foi o de maior destaque no GP da França de Moto2, com a vitória de Álex, da Marc VDS Kalex, que não vencia no Mundial de Motovelocidade desde o Grande Prêmio do Japão, realizado no circuito de Motegi, em 15 de outubro de 2017.

Com a vitória, o espanhol saltou para a quarta posição do campeonato, com 61 pontos. O líder segue sendo o italiano Lorenzo Baldassarri, da Pons Kalex, que viu a diferença para o suíço Thomas Lüthi, da Intact Kalex, cair de 17 para sete pontos, já que abandonou a etapa e o concorrente terminou em sexto.

O segundo colocado em Le Mans na Moto2 foi o espanhol Jorge Navarro, da Speed Up, terceiro na tabela, com 64 pontos. Outro piloto da Espanha Augusto Fernández, da Pons Kalex, completou o pódio.

Na Moto3, o britânico John McPhee, da Petronas Honda, que havia obtido a pole, conseguiu a vitória, a primeira na temporada. Vice-líder do campeonato, o italiano Lorenzo Dalla Porta, da Leopard Honda, chegou em segundo, e o líder, o espanhol Arón Canet, da Max KTM, terminou em terceiro. EFE

Mais Esporte