Topo

Kompany deixará o City para se tornar jogador e técnico do Anderlecht

2019-05-19T10:55:00

19/05/2019 10h55

Bruxelas, 19 mai (EFE).- O zagueiro belga Vincent Kompany anunciou neste domingo, por meio de carta aberta, que está deixando o Manchester City após 11 temporadas, para se tornar jogador e técnico do Anderlecht, clube que o revelou.

"Isso pode ser uma surpresa para você. Essa a decisão mais apaixonada e mais racional que já tomei", escreveu o jogador, sobre a mudança de camisa, no texto que foi veiculado no perfil do defensor no Facebook.

Kompany, que foi capitão do City até o fim da atual temporada e marcou um dos gols mais importantes da campanha do título do Campeonato Inglês, na vitória sobre o Leicester por 1 a 0, estreou como profissional, pelo Anderlecht, aos 17 anos, em 2003.

Na sequência, o belga jogou pelo Hamburgo, entre 2006 e 2008, para se transferir ao Manchester City, em que ganhou o campeonato nacional quatro vezes, a Copa da Inglaterra duas vezes, e a Copa da Liga, em outras quatro oportunidades.

No texto em que anunciou a saída do clube inglês, Kompany revelou ter sido procurado por dirigentes do Anderlecht, que passou a ser propriedade há dois anos do bilionário Marc Coucke, para acumular as funções de jogador e técnico.

"Eu dividi com eles meus pensamentos e escutei as visões deles para o futuro: ambiciosa, corajosa e determinada para voltar a ser o número 1. Ofereci minha ajuda", contou.

O diretor-esportivo do Anderlecht, Michael Verschueren, explicou mais tarde ao jornal belga "Le Soir", que Kompany será responsável pela forma que a equipe atuará e definirá a escalação, e que, quando o zagueiro estiver no gramado, outro treinador comandará do banco. EFE

Mais Esporte