Topo

Lanterna do Argentino, San Lorenzo perde 6 pontos por irregularidades

2019-03-22T15:58:00

22/03/2019 15h58

Buenos Aires, 22 mar (EFE).- O San Lorenzo foi punido nesta sexta-feira com a perda de seis pontos na atual edição do Campeonato Argentino, por causa de irregularidades contratuais, e além de ter sido proibido de contratar jogadores na próxima temporada.

De acordo com o Comitê de Disciplina da liga que organiza a competição, foram identificadas "irregularidades nas declarações juramentadas", apresentadas pelo clube. A empresa de auditoria Ernst & Young, que revisou os dados, confirmou os problemas. Ainda há chance de apelação do 'Ciclón'.

O campeão da Taça Libertadores, em 2014, que neste ano está no grupo F, ao lado de Palmeiras, Melgar, do Peru, e Junior Barranquilla, da Colômbia, agora tem 14 pontos no Argentino, agora sete pontos distante do San Martín de Tucumán.

O presidente do San Lorenzo, Matías Lammens, afirmou que a punição pegou todos de surpresa, mas, que já se trabalha para a entrada com recurso, em entrevista à emissora "Fox Sports" local.

"Sou otimista de que recuperaremos os pontos. Acreditamos nos argumentos que temos. Hoje, tive uma reunião com nossos advogados. Vamos lutar até a última instância", garantiu o dirigente.

De acordo com Lammens, a perda de pontos é justificada pela renegociação de um prêmio que havia sido pago em dólares, em meio a crise cambial da Argentina. O dirigente se defendeu dizendo que tudo foi feito com consentimento dos jogadores, o que não configuraria uma quebra de contrato.

Além disso, o presidente do San Lorenzo garantiu que outros clubes do futebol do país firmaram acordos semelhantes recentemente. EFE

Mais Esporte