Topo

Valentim chega a 100 jogos como técnico em meio a título e desafio no Vasco

Gabriel Machado/AGIF
Alberto Valentim conquistou dois títulos nos primeiros 100 jogos como técnico Imagem: Gabriel Machado/AGIF
do UOL

Do UOL, no Rio de Janeiro

2019-03-20T04:00:00

20/03/2019 04h00

Alberto Valentim é um técnico novo no mercado. Apesar de ter estreado como treinador em 2012, foi apenas em 2017 que ele passou a ser disputado entre clubes. Contra o Resende, nesta quarta-feira, às 21h30 (horário de Brasília), em Volta Redonda, o comandante do Vasco chegará aos 100 jogos na ainda breve e promissora carreira.

Levando em consideração que Valentim passou a ter relevância no Palmeiras, em 2017, sua trajetória já mostra um saldo positivo. Em 2018, chegou ao Botafogo e precisou de pouco tempo para arrumar a casa e ser campeão carioca em cima do Vasco.

O sucesso no Alvinegro foi tão grande que despertou o interesse do Pyramids FC, do Egito. No continente africano ficou pouco tempo porque se desentendeu com Turki al-Sheikh, bilionário saudita que havia comprado o clube e queria influenciar na escalação do time.

Valentim não aceitou a situação e deixou o clube após três jogos - duas vitórias e um empate. Acertou rescisão contratual e pôde perceber o quanto estava valorizado no mercado. Em poucos dias, foi contratado pelo Vasco, clube onde se encontra até o momento.

A verdade é que Valentim foi contratado para evitar novo rebaixamento do Vasco no Brasileiro. Apesar do sofrimento, a meta foi alcançada. Com a virada do ano, o treinador participou da montagem do atual elenco e fez o time alcançar uma marca de 13 jogos de invencibilidade - perdeu pela primeira vez no último domingo, contra a Cabofriense.

Nesse período de invencibilidade, Valentim conquistou mais um título. Campeão da Taça Guanabara, o Vasco é o único time garantido até o momento na semifinal geral do Carioca. Os números são bons e a primeira taça no ano já chegou. Tudo indicaria uma boa relação entre torcida e o treinador, certo? Mas não é o que tem ocorrido.

Insatisfeita com algumas decisões de Valentim, os torcedores têm pegado no pé do treinador, que chegou a ser vaiado e xingado de "burro" nos últimos jogos.

Agora centenário, Alberto se vê diante do desafio de equilibrar resultados e um bom desempenho que anime o torcedor. A primeira tentativa de se livrar da perseguição e ser lembrado pelas conquistas é hoje.

RESENDE X VASCO

Data e hora: 20/03/2018, às 21h30 (horário de Brasília)
Local: Raulino de Oliveira, em Volta Redonda (RJ)
Árbitro: Luiz Antônio Silva dos Santos
Auxiliares: Wallace Muller e Rafael Gomes Rosa

Resende
Ranule; Filipi, Domingues, Lucas Tavares, Jeanderson; Joseph, Léo Silva, Vitinho, Arthur; Sabão, Matheus Totô.
Técnico: Edson Totô

Vasco
Fernando Miguel; Caceres, Werlei, Leandro Castán e Danilo Barcellos; Raúl, Lucas Mineiro, Thiago Galhardo, Pikachu; Bruno César e Ribamar
Téncico: Alberto Valentim

Mais Esporte