Topo

São Paulo tem pior aproveitamento no ano entre os 20 times do Brasileirão

Marcello Zambrana/AGIF
Jogadores do São Paulo em ação na partida entre São Paulo e Guarani, no Pacaembu, marcada por derrota são-paulina Imagem: Marcello Zambrana/AGIF
do UOL

Diego Salgado e Flávio Latif

Do UOL, em São Paulo

2019-03-20T04:00:00

2019-03-20T11:44:49

20/03/2019 04h00Atualizada em 20/03/2019 11h44

Eliminação precoce na Libertadores e risco de queda ainda na primeira fase do Campeonato Paulista. Essas duas campanhas instáveis fazem o São Paulo iniciar a temporada 2019 com o pior aproveitamento entre os 20 clubes do Brasileirão. Hoje, a equipe tricolor tenta amenizar a situação contra o São Caetano, no Anacleto Campanella - uma vitória garante os são-paulinos nas quartas de final do Estadual.

Com 13 partidas oficiais no ano, duas delas na Libertadores, o São Paulo conquistou apenas 38,5% dos pontos disputados. O desempenho é bem inferior ao do Fortaleza, que tem a segunda pior campanha entre o grupo da elite do Brasileirão. O time do técnico Rogério Ceni tem 47,2% de aproveitamento, seguido de Bahia (50,9%), Botafogo (53,8%), Ceará (54,2%), Corinthians (56,3%), Athletico (56,7%) e CSA (57,1%).

Vale ressaltar que apenas São Paulo e Athletico entraram em campo pela Libertadores. A equipe paulista perdeu por 2 a 0 do Talleres, da Argentina, fora de casa, e empatou sem gols no Morumbi. Já o time paranaense perdeu para o Tolima na estreia e venceu o Jorge Wilstermann, já pela fase de grupos.

O São Paulo é também a única equipe com mais derrotas que vitórias nestes dois meses de temporada. São quatro triunfos contra seis resultados negativos. A campanha irregular não mudou nem mesmo com a troca de comando técnico. Pelo contrário, a situação até piorou. Com André Jardine, a equipe somou dez pontos em oito jogos, aproveitamento de 41,7%. O desempenho com Vagner Mancini é de 33,3% (são cinco jogos, com uma vitória, dois empates e duas derrotas).

O dono da melhor campanha é o Goiás, com aproveitamento de 88,9%. O time esmeraldino, porém, só disputa o Campeonato Goiano e a Copa do Brasil - na última rodada do Estadual, perdeu a invencibilidade ao perder para o rival Atlético-GO. O Vasco, com 78,6% dos pontos disputados, também foi derrotado pela primeira vez ao cair diante da Cabofriense no último domingo (17).

Roberto Natel: Raí pode servir de proteção para Leco

Band Sports

O único invicto entre os times da Série A é o Cruzeiro, que tem sete vitórias e quatro empates, com um triunfo pela Libertadores, inclusive. O aproveitamento do time de Mano Menezes é de 75,8%, um pouco superior ao do Flamengo e Grêmio (ambos com 75%) e Palmeiras (71,8%), que também disputam a competição continental.

No pelotão do meio estão Inter (69,4%), Fluminense e Santos (68,9%), Atlético-MG (68,8%), Chapecoense (62,7%), Avaí (62,5%). Desse grupo, Inter e Atlético-MG disputam a Libertadores. O Santos chegou a atuar pela Copa Sul-Americana, mas foi eliminado pelo River Plate, do Uruguai, assim como a Chapecoense caiu diante do Unión La Calera, do Chile - o Fluminense, por sua vez, ainda busca uma vaga na segunda fase do torneio.

O São Paulo soma 14 pontos no Paulista. O time é o segundo colocado do Grupo D, três pontos atrás do Ituano e dois à frente do Oeste. Se bater o São Caetano fora de casa, o time não pode mais ser alcançado pelo terceiro colocado, que enfrenta o Mirassol em casa. Se ocorrer um empate no ABC Paulista, o Oeste precisa vencer por 4 a 0 para ir às quartas de final (desde que o empate são-paulino seja inferior a 4 a 4).

Confira o ranking de aproveitamento:

Ale Cabral/Agif
São Paulo, de Hernanes, perdeu para o Palmeiras no último sábado (16) Imagem: Ale Cabral/Agif

1º Goiás 88,9%
2º Vasco 78,6%
3º Cruzeiro 75,8%
4º Flamengo/Grêmio 75%
6º Palmeiras 71,8%
7º Internacional 69,4%
8º Fluminense/Santos 68,9%
10º Atlético-MG 68,8%
11º Chapecoense 62,7%
12º Avaí 62,5%
13º CSA 57,1%
14º Athletico 56,7%
15º Corinthians 56,3%
16º Ceará 54,2%
17º Botafogo 53,8%
18º Bahia 50,9%
19º Fortaleza 47,2%
20º São Paulo 38,5%

Errata: o texto foi atualizado
20/03/2019 às 10h40
Foi informado incorretamente que o Athletico venceu seus dois jogos na Libertadores. Na verdade, ele venceu um jogo e perdeu outro. Além disso, foi informado que o Cruzeiro fez dois jogos pela competição continental. Foi apenas um.

Mais Esporte