Topo

Santos enfrenta Botafogo para retomar vitórias e abafar crise por salários

do UOL

Eder Traskini

Colaboração para o UOL, em Santos

2019-03-20T04:00:00

20/03/2019 04h00

Com um time alternativo, o Santos terá uma missão importante hoje, às 21h30, quando enfrenta o Botafogo pela última rodada do Campeonato Paulista: mais do que a liderança do grupo, os jogadores do Peixe jogam para manter o desempenho do início de 2019 e minimizar a crise pelos salários atrasados.

Após a derrota para o Novorizontino por 1 a 0 na última sexta (15), a missão é evitar um novo tropeço que possa acabar relacionando os fatos.

Os zagueiros Luiz Felipe e Gustavo Henrique minimizaram a situação em entrevistas coletivas durante a semana, mas deixou clara sua insatisfação com o fato da comissão técnica ter recebido normalmente enquanto os salários do grupo seguem atrasados.

Um dos líderes do atual elenco do Peixe, Gustavo Henrique aproveitou para elogiar a atitude do técnico Jorge Sampaoli, que também não concordou com o ocorrido e se ofereceu para devolver o dinheiro até que todos os atletas fossem pagos.

No entanto, no tropeço da última partida, os salários já estavam atrasados e membros da diretoria santista reclamam que opositores da atual direção tentam ligar o desempenho abaixo da média aos valores ainda por quitar. Os funcionários do Peixe, por exemplo, receberam os salários na última terça-feira (12).

Para o duelo, Sampaoli deve poupar a maioria dos titulares da equipe mesmo com a liderança do grupo, e a vantagem de decidir o mata-mata em casa, em jogo. A ideia é ter a equipe principal descansada para os confrontos marcados já para este final de semana e o meio da próxima semana.

FICHA TÉCNICA
Botafogo x Santos

Data: 20 de março de 2019 (quarta-feira)
Horário: 21h30 (de Brasília)
Local: estádio Santa Cruz, em Ribeirão Preto
Árbitro: Raphael Claus
Assistentes: Danilo Ricardo Simon Manis e Luiz Alberto Andrini Nogueira

BOTAFOGO: Darley; Ednei, Naylhor, Plínio e Pará; Willian Oliveira, Marlon Freitas e Nadson; Bruno José (Pimentinha), Rafael Costa e Erick. Técnico: Roberto Cavalo.

SANTOS: Vanderlei; Gustavo Henrique, Luiz Felipe e Lucas Veríssimo; Matheus Ribeiro, Yuri, Jean Lucas, Diego Pituca e Felipe Jonatan (Orinho); Rodrygo e Kaio Jorge (Felippe Cardoso). Técnico: Jorge Sampaoli.

Mais Esporte