Topo

Com trio de R$ 600 milhões, Real volta a apostar alto em jovens brasileiros

Santos FC/Getty Images/Reprodução
Rodrygo, Vinicius Júnior e Eder Militão estarão a serviço do Real na próxima temporada Imagem: Santos FC/Getty Images/Reprodução
do UOL

Do UOL, em São Paulo

2019-03-20T04:00:00

20/03/2019 04h00

Em meio a uma reformulação que será comandada por Zinedine Zidane, o Real Madrid tem uma certeza para a próxima temporada: parte do sucesso deste time remodelado depende de jovens jogadores brasileiros. Rodrygo (18 anos) e Eder Militão (21 anos) se juntarão a Vinicius Júnior (18 anos) e darão seus primeiros passos no clube tentando seguir o caminho de Casemiro, único sucesso absoluto nos últimos anos seis anos em jogadores com este perfil.

O trio de jovens são as faces de uma renovação que foi buscar no futebol brasileiro algumas apostas contratadas já a peso de ouro. Os três jogadores, juntos, custaram 140 milhões de euros (cerca de R$ 600 milhões) aos cofres do Real Madrid, reforçando uma estratégia já esboçada nos últimos anos.

Desde 2013, quando selou em definitivo a contratação de Casemiro, o clube merengue já gastou 191,5 milhões de euros em jogadores do país com menos de 25 anos. Os ganhos com Vinicius Júnior, Rodrygo e Eder Militão são incertos, mas outras apostas não deram o resultado esperado.

O caso mais célebre é o de Lucas Silva. O Real Madrid gastou 14 milhões de euros em sua contratação junto ao Cruzeiro em 2015, quando ele tinha 21 anos. Porém, o meio-campista nunca vingou com a camisa merengue. Emprestado para o Olympique de Marselha após disputar apenas oito partidas, atualmente está jogando cedido ao Cruzeiro. Ele voltará à Espanha na metade do ano, mas a intenção do Real é negociá-lo em definitivo.

Ángel Martínez/Divulgação/Real Madrid
Lucas Silva na chegada ao Real Madrid em 2015 Imagem: Ángel Martínez/Divulgação/Real Madrid

No mesmo ano, o Real Madrid gastou 31,5 milhões de euros em outro brasileiro, o lateral direito Danilo. Já com uma carreira mais sólida, o ex-santista chegou ao clube aos 24 anos depois de três temporadas no Porto. Foi utilizado com frequência, participou em duas conquistas da Liga dos Campeões, mas esteve longe de ser um sucesso absoluto. Acabou vendido para o Manchester City em 2017 por 30 milhões de euros, valor inferior ao pago dois anos antes pelo Real.

Hoje no Liverpool, Fabinho foi outra aposta merengue em brasileiros, mas esta sem investimentos. O jogador formado no Fluminense chegou por empréstimo do português Rio Ave, em 2012, e ficou por uma temporada na equipe B. Chegou a jogar 14 minutos pelo time principal em duelo em maio de 2013 contra o Málaga no Santiago Bernabéu, mas não ficou. Vingou no Monaco, clube que o vendeu ao Liverpool em 2018 por mais de 40 milhões de euros.

Paciência com Casemiro

Susana Vera/Reuters
Casemiro hoje é considerado peça-chave no Real Madrid Imagem: Susana Vera/Reuters

Neste cenário, o único jovem brasileiro que deu um retorno além do esperado pelo Real Madrid neste período foi Casemiro. Mas depois de uma dose de paciência por parte do clube merengue. Assim como Fabinho, o meio-campista chegou emprestado para a equipe B em 2013. Agradou e foi contratado em definitivo junto ao São Paulo por 6 milhões de euros, quando ainda tinha 21 anos.

Depois de uma temporada no Real sem convencer, Casemiro foi emprestado ao Porto em 2014. Retornou no ano seguinte se tornou peça-chave no time de Zinedine Zidane que chegou ao título da Liga dos Campeões em 2016. Desde então, passou ser considerado um dos pilares do tricampeonato consecutivo na Champions

Com Casemiro, o Real Madrid conseguiu repetir o sucesso que teve ao apostar em outro brasileiro na década passada. Marcelo chegou ao time merengue em 2007 pelo valor de 6 milhões de euros e hoje, 12 anos depois, se tornou um dos maiores ídolos recentes da história do clube.

Julio Gomes crítica política de vendas de jogadores no Brasil

Band Sports

Veja as apostas do Real em jovens brasileiros nos últimos anos:

2013
Casemiro
Valor pago: 6 milhões de euros junto ao São Paulo
Idade: 21 anos na época
Hoje: Continua no Real Madrid, considerado peça-chave desde 2015 na conquista do tricampeonato consecutivo da Liga dos Campeões.

2015
Lucas Silva
Valor pago: 14 milhões de euros junto ao Cruzeiro
Idade: 21 anos na época
Hoje: Ainda tem contrato com o Real Madrid, mas nunca se firmou. Está emprestado ao Cruzeiro, mas deve ser negociado em definitivo na metade do ano

Danilo
Valor pago: 31,5 milhões de euros junto ao Porto
Idade: 24 anos na época
Hoje: Depois de dois anos no Real Madrid, atual pelo Manchester City, Foi vendido por um valor menor que o pago por sua contratação.

2018
Vinicius Júnior

Valor pago: 45 milhões de euros junto ao Flamengo
Idade: 18 anos
Hoje: Depois de um período atuando no time B, ganhou espaço e se tornou titular até sofrer uma contusão que interrompeu sua ascensão. Terá novos desafios sob a tutela de Zidane.

2019
Rodrygo
Valor pago:
45 milhões de euros junto ao Santos (negociação selada em 2018)
Idade: 18 anos
Hoje: Atuando com frequência no Santos, tem chegada prevista ao Real Madrid na metade do ano. Pode passar pelo mesmo processo que Vinicius Júnior, ganhando experiência na equipe

Eder Militão
Valor pago:
50 milhões de euros junto ao Porto
idade: 21 anos
Hoje: Atuando em alto nível pelo Porto, está nas quartas de final da Liga dos Campeões. Chegará ao Real Madrid na próxima temporada como opção para a lateral direita e para a zaga.

Mais Esporte