Topo

Corinthians vê craque do Ituano muito caro e olha apenas para Boselli hoje

do UOL

Flávio Latif e Samir Carvalho

Do UOL, em São Paulo (SP)

2019-03-20T04:00:00

20/03/2019 04h00

O Corinthians encara o "envolvente" time do Ituano hoje, às 21h30 (de Brasília), no estádio Novelli Júnior, em Itu, pela última rodada da fase de grupos do Campeonato Paulista. Martinelli, Morato, Ramon e companhia já deram trabalho para as defesas de Santos e Palmeiras.

O principal destaque do Ituano é Martinelli, atacante de 17 anos com passagens pelas categorias de base do Corinthians. O jogador despertou o interesse de diversos clubes do Brasil e da Europa, entre eles, o Arsenal, da Inglaterra.

Segundo apurou o UOL Esporte, o Corinthians procurou saber se existia alguma chance de contratá-lo e ameaçou entrar na briga, mas descobriu que o atleta é caríssimo. O valor gira em torno de 10 milhões de euros (R$ 43 milhões).

No Timão, há quem diga que o Ituano pedia inicialmente 7 milhões de euros (R$ 30,1 milhões), valor que o clube também não aceita pagar. Sendo assim, Martinelli está praticamente descartado no Alvinegro.

Todos os olhos em Boselli

Sem sonhar com Martinelli, o Corinthians colocará os seus olhos em Mauro Boselli. Com um time misto, o argentino virou a grande atração do Timão para o confronto. Isso porque o camisa 17 tem uma espécie de última chance para balançar as redes e provar que pode brigar com Gustagol por uma vaga de titular.

Gustagol, recuperado de dores no joelho esquerdo, será preservado para as quartas de final do Paulista. Carille optou por deixar o artilheiro do time em 2019 em São Paulo para que ele realize treinamentos no CT Joaquim Grava e esteja 100% para o fim de semana.

Mauro Boselli foi aprovado pela torcida. O argentino foi o melhor em campo, por exemplo, contra o Oeste, no último domingo. Ele corre bastante em todos os jogos, se movimenta, abre espaço para os companheiros em campo, mas só marcou um gol até agora, diante do Botafogo-SP. Contra o Oeste, Boselli quase fez gol de letra e até de bicicleta, mas novamente passou em branco.

"O tema da ansiedade é muito relativo e pessoal. Acredito que o se a equipe joga bem e vence, quem faz o gol não importa. É algo pessoal meu, o centroavante vive de gol, mas isso não é importante quando a equipe ganha. É óbvio que um atacante vive de gol e quero fazer gol, mas sei que uma hora vai chegar e vou fazer muitos gols. Fiz gol a minha carreira inteira e não vai ser agora a exceção", disse.

Boselli ainda tenta fugir da briga com o artilheiro Gustagol e acredita que pode, inclusive, formar dupla de ataque com ele. No entanto, na visão de Carille, o argentino só pode atuar de centroavante, diferente de Vagner Love, que atua centralizado e pelos lados.

"Não é disputa. São opções, são jogadores de características diferentes. Ele é de área (Gustagol) e eu busco bola no pé, por baixo. Depende do que o Carille estiver pensando, mas podemos jogar juntos. Dividimos alguns bons momentos juntos em campo e ganhamos partidas por jogadas nossas. Depende do treinador, ouvi muito falar que os anos se passaram e o Corinthians não tinha tantas opções e agora temos. Vamos nos esforçar cada dia mais para ter um lugar na equipe e quem ganha com isso é o Corinthians", concluiu.

Além de Gustagol, o técnico corintiano ainda poupou Sornoza, Manoel e Júnior Urso para o confronto contra o Ituano.

Uma vitória do Corinthians contra o Ituano faz com que a equipe alvinegra assegure a primeira colocação do Grupo C e que decida às quartas do Paulistão, contra a Ferroviária, na Arena Corinthians. Em caso de revés ou empate contra a equipe de Itu, o Corinthians pode ser ultrapassado pela Ferroviária, que tem 17 pontos e apenas um atrás do Alvinegro. A equipe de Araraquara enfrenta o Novorizontino, em Novo Horizonte.

Ficha Técnica
Ituano x Corinthians

Estádio: Novelli Júnior, em Itu (SP)
Data e Hora: 20 de março de 2019, às 21h30 (horário de Brasília)
Árbitro: Salim Fende Chavez (SP).
Assistentes: Anderson Jose de Moraes Coelho (SP) e Marco Antonio de Andrade Motta Junior (SP)

Ituano: Pegorari; Jonas, Léo, Potiguar e Araújo; Serrato, Baralhas, Morato, Corrêa e Martinelli; Ramon. Técnico: Vinícius Bergantin.

Corinthians: Cássio; Michel, Marllon, Henrique e Danilo Avelar; Ralf, Richard, Ramiro e Jadson; Clayson e Boselli.. Técnico: Fábio Carille.

Mais Esporte