PUBLICIDADE
Topo

Juan volta a atuar pelo Fla e inicia despedida: 'Quero curtir o momento'

19/03/2019 22h44

Ídolo do Flamengo, Juan viver os últimos momentos como jogador de futebol da forma que merece. A lesão sofrida em setembro do ano passado, aos 39 anos, não pôs fim à carreira do zagueiro, que, recuperado da cirurgia, voltou a ser relacionado para uma partida do Rubro-Negro nesta terça, após seis meses.

Aos 43 minutos do segundo tempo , Juan foi chamado pelo técnico Abel Braga e pôde participar dos minutos finais da vitória por 2 a 0. Recebeu a faixa de capitão de Diego e os aplausos dos mais de 17 mil rubro-negros presentes.

Agora, o camisa 4 só pensa em ajudar os colegas e desfrutar antes de se aposentar. Seu contrato vai até 31 de abril, logo após o final do Estadual.

Antes mesmo da bola rolar no Maracanã, o camisa 4 usou as redes sociais para demonstrar sua alegria em estar de volta à disposição do Flamengo. Em seu post, o zagueiro celebrou o fato de estar concentrado com os companheiros.

Na chegada da delegação rubro-negra, antes do jogo contra o Madureira, Juan comentou como foi a sensação de reencontrar a torcida e defender o clube.

- Eu estava comentando com o Diego que tinha até esquecido como era esse trajeto da concentração até o Maracanã. Feliz, estou voltando depois de uma batalha que passei. Está chegando ao fim, quero curtir o momento - afirmou.

Confira, na íntegra, a publicação feita pelo zagueiro Juan, ídolo do Flamengo:

"Hoje é dia de concentração. De resenha no ônibus a caminho do Maracanã. De vestir uniforme de jogo. De encontrar a torcida do @flamengo. De viver expectativa de entrar em campo para jogar por esse clube tão importante em minha vida.

.Como senti falta de tudo isso nesses seis meses pós lesão e cirurgia. E como foi importante contar com carinho e apoio de minha família, da Nação rubro-negra, dos companheiros de time, funcionários e diretoria durante minha recuperação.

Minha gratidão a todos e contem comigo para levar o Flamengo a mais uma vitória. Desta vez não apenas como um torcedor. Vamos, Flamengo!"

Esporte