PUBLICIDADE
Topo

Pará revela emoção pelos 200 jogos no Fla: 'O mais especial está por vir'

18/03/2019 16h20

A partida contra o Madureira, nesta terça pela Taça Rio, terá um sabor especial para um jogador do Flamengo: o lateral-direito Pará, que chegará à marca de 200 jogos com a camisa rubro-negra. Na Gávea desde 2015, o jogador se vê como um "privilegiado" por poder atuar tanta vezes com o Manto, prevê que irá se emocionar ao entrar no Maraca e, por fim, mira conquistar títulos em 2019.

- Me sinto muito honrado de fazer 200 jogos com uma camisa tão consagrada no futebol. Privilegiado por fazer parte dessa história. Sei que não é fácil, quero agradecer ao presidente e a todos que fazem parte do dia a dia. Estou feliz demais. Amanhã será um dia de muita emoção, não é fácil atingir essa meta. Cheguei para o flamengo para conquistar metas e estou conseguindo. Primeiro, um grande número de jogos e, seu Deus quiser, títulos importantes neste ano.

Campeão da Copa do Brasil e da Copa Libertadores pelo Santos, em 2010 e 2011, respectivamente, Pará venceu o Estadual pelo Flamengo, em 2017, e foi vice-campeão do Brasileirão, da Sul-Americana e da Copa do Brasil pelo clube da Gávea. O lateral-direito reforçou a qualidade do elenco e vê o grupo do Fla pronto para alcançar grandes conquistas nesta temporada.

- Toda vez que entro no Maracanã, me imagino fazendo um gol importante, ajudando o time a conquistar um título importante. É um sonho. Temos que dar sequência ao trabalho pois sabemos que temos coisas boas pela frente.

Depois de um 2018 em que ficou na reserva de Rodinei em maior parte da temporada, Pará iniciou o ano, sob o comando de Abel, entre os titulares. São oito jogos - todos desde o início - do lateral-direito, o nono jogador com mais minutos em campo pelo Flamengo em 2019. Inclusive, o treinador tem feito elogios ao camisa 21, que avaliou seu desempenho neste começo de trabalho.

- Eu fico feliz quando o Abel fala bem do meu nome. Demonstra que estou fazendo o melhor, sempre é assim com a camisa do Flamengo. Feliz pelos elogios. Aqui tem que estar preparado, é minha quinta temporada, já tive altos e baixos, mas sempre estou aqui para dar o meu melhor. Precisamos manter o foco. Estamos bem em 2019 e queremos seguir nesta pegada - analisou Pará.

Confira outras respostas do lateral-direito Pará, nesta terça, no Ninho:

Decisão da comissão técnica em poupar titulares em algumas partidas

Ajuda a nos preparar mais. Início de ano é sempre complicado, quase não tivemos tempo para treinar o que o Abel deseja. Acho válido, mas é o Abel e a diretoria que decidem. Se preferem nos preservar, sabemos que colheremos os frutos lá na frente.

Participação dos jovens da base

Estão se comportando bem, sabemos da qualidade deles. É minha quinta temporada aqui, eles treinam com a gente e vemos as qualidades e que têm condições de vestir a camisa. Estão surgindo, mas são jogadores de muita qualidade. Ficamos felizes e quem ganha com isso é o Flamengo.

Desfalques de Cuéllar, Trauco, Piris e Arrascaeta

Fazem falta, são grandes jogadores. Mas temos garotos que estão entrando bem, dando conta do recado estamos tranquilos quanto a isso. O elenco é qualificado.

Comparação com Léo Moura

Quando cheguei fui muito questionado sobre. Cada um tem seu sonho e sua trajetória no futebol. O Léo fez sua história e eu estou procurando fazer a minha. Pretendo fazer muito mais, me sinto em casa, sou torcedor desde criança e quero continuar ajudando o clube.

Renovação de contrato

Isso eu deixo para os representantes. Meu contrato vai até o final do ano. Estou focado na área do campo, é o que eu faço de melhor. Espero que chegue em um acordo bom para mim e para o clube, mas isso não vem ao caso agora.

Esporte