Topo

Presidente do Corinthians recebe alta hospitalar após dez dias internado

Rodrigo Gazzanel/Agência o Dia/Estadão Conteúdo
O presidente Andrés Sanchez estava internado há dez dias por causa de uma encefalite viral Imagem: Rodrigo Gazzanel/Agência o Dia/Estadão Conteúdo
do UOL

Samir Carvalho

Do UOL, em São Paulo (SP)

2019-03-15T08:31:57

15/03/2019 08h31

O presidente do Corinthians, Andrés Sanchez recebeu alta hospitalar hoje pela manhã, no Hospital São Luiz, em São Paulo, segundo apurou o UOL Esporte. Ele estava internado há dez dias por causa de uma encefalite viral. O dirigente já retoma suas funções no clube paulista na próxima semana.

Novos exames constataram que o dirigente corintiano está totalmente recuperado. Durante este período, Andrés Sanchez ficou sob os cuidados do diretor-adjunto de futebol do Corinthians, Jorge Kalil, que é médico e chefiou a equipe de infectologia do Hospital São Luiz.

Andrés chegou a ser levado à UTI, da qual saiu no último sábado (9). Neste período em que esteve sob cuidados médicos, o presidente ficou sem celular e mantido à parte das negociações do Corinthians, principalmente das conversas com o Sevilla por Guilherme Arana.

A encefalite viral é uma infecção do sistema nervoso central que provoca a inflamação do cérebro; é mais comum em bebês em crianças, mas também acomete adultos com a imunidade comprometida.

A doença tem cura, mas deve ser diagnosticada rapidamente para evitar complicações - é considerada mais grave do que a meningite. Como Andrés foi atendido rapidamente pela cúpula corintiana, o presidente não sofreu nada mais grave.

Andrés Sanchez prometeu que vai parar de fumar, após inúmeras promessas não cumpridas. Jorge Kalil, inclusive, já avisou que ele terá que procurar outro médico se não cumprir a promessa desta vez.

Mais Esporte