Topo

Irmã de vítima de Suzano entrará em campo com Corinthians no domingo

Arquivo pessoal
Douglas Murilo Celestino, uma das vítimas do massacre em Suzano, era fanático pelo Corinthians Imagem: Arquivo pessoal
do UOL

Arthur Sandes e Samir Carvalho

Do UOL, em São Paulo (SP)

2019-03-15T17:46:26

15/03/2019 17h46

O Corinthians programou uma homenagem às vítimas de Suzano, principalmente, Douglas Murilo Celestino, uma das vítimas do massacre que aconteceu na última quarta-feira (13) na Escola Raul Brasil. Segundo apurou o UOL Esporte, a irmã do adolescente, Marcela Celestino Clizesqui, de oito anos, entrará em campo com os jogadores no duelo contra o Oeste, domingo, às 16h (de Brasília), em Itaquera, válido pela 11ª rodada do Campeonato Paulista.

A mãe de Murilo, Camila Santos, também será homenageada. Ela ganhou ingressos para assistir ao jogo e ficará no camarote Fiel Torcedor.

O Corinthians também soltará balões pretos com o nome das vítimas, além de balões com homenagem a Suzano e com pedidos de paz. Serão onze balões quando os jogadores se perfilarem no gramado.

O clube paulista ainda exibirá no telão o nome das vítimas, com a seguinte frase: "Nossa homenagem às vítimas de Suzano", acompanhada do escudo do clube com uma fita preta representando o luto.

O telão da Arena Corinthians ainda exibirá o nome das vítimas: Caio Oliveira, Clayton Antônio Ribeiro, Douglas Murilo Celestino, Eliana Regina de Oliveira Xavier, Jorge Antônio Moraes, Kaio Lucas Costa Limeira, Marilena Ferreira Viera Umezo e Samuel Mequíades Silva de Oliveira.

Murilo, como era conhecido entre os corintianos, era um adolescente apaixonado pelo Corinthians. Herdou o amor da mãe pelo clube e, com ela, frequentava a sede de uma torcida organizada e assistia às partidas na Arena sempre que podia.

Mais Esporte