PUBLICIDADE
Topo

Rodrigo Caio pede 'nível altíssimo de concentração' do Fla diante da LDU

12/03/2019 16h28

O Flamengo encara a LDU nesta quarta-feira, pela segunda rodada do Grupo D da Libertadores, já com clima de decisão. Não apenas pelos 57 mil ingressos vendidos de forma antecipada, mas também pelas vitórias das duas equipes nas respectivas estreias e pela sequência do Rubro-Negro em casa: depois dos equatorianos, o time de Abel Braga receberá o Peñarol e o San José no Rio de Janeiro, podendo encaminhar a classificação para as oitavas de final da Copa.

Na visão do zagueiro Rodrigo Caio, é preciso "pensar jogo a jogo". O jogador destacou que a equipe do Flamengo não pode dar brechas ao adversário, que, em seu entendimento, virá ao Rio para aproveitar qualquer erro cometido.

- Vejo uma responsabilidade muito grande. Três jogos em casa, mas estamos pensando em jogo a jogo. Primeiro a LDU. Sabemos da grandeza do jogo, a LDU venceu o primeiro jogo também, então vale a liderança e precisamos estar 100% focados nisso. Qualquer vacilo, qualquer detalhe, a favor ou contra, vai decidir o jogo - comentou o camisa 3 do Rubro-Negro, titular de Abel Braga.

Sobre os perigos do adversário, Rodrigo Caio acredita que assim como o San José, nos 3.700 mil metros acima do nível do mar em Oruro, a LDU procurará ameaçar a meta de Diego Alves pelo alto. O assunto já foi tratado pela comissão técnica de Abel Braga, revelou o zagueiro, reforçando a importância da equipe estar 100% concentrada durante os 90 minutos do confronto.

- Abel já falou bastante sobre (os perigos). No primeiro já tivemos muito essa questão, toda a tática (do San José) era para trabalhar essa bola pelos lados e cruzar para o centroavante. A LDU não é diferente, tem jogadores bons na bola aérea, mas estamos preparados. Temos que ter um nível de concentração altíssimo para nos sobressairmos nesses lances. Fomos bem no jogo passado e estamos preparados para isso este ano. Todos precisam estar concentrados.

Confira outras respostas do zagueiro do Flamengo nesta terça-feira:

Parte física do time

Estamos 100%. Termos ficado fora do clássico mostra a confiança do Abel em todo elenco, mostra que temos um grupo forte e qualificado, que, quando precisa, todos entram e dão conta do recado. Isso vai ser de extrema importância durante o ano. Todos jogadores estão 100% preparados para ajudar o time.

Ritmo e postura da equipe

Entrar em um ritmo muito forte no jogo. Na Libertadores, vejo que os times sul-americanos jogam melhor fora do que dentro de casa por não terem que propor o jogo. Jogam esperando o erro do adversário. No Maracanã, sabemos que precisamos ter um nível de atenção enorme, pois vão tentar aproveitar qualquer errinho. Entrar em uma intensidade muita alta, anulando as jogadas adversárias, concentrados para que a torcida venha para o nosso lado e consigamos o resultado positivo.

Desejo da torcida pelo título da Libertadores

A vontade da torcida é a nossa vontade. É para isso que trabalhamos: ganhar grandes competições. A Libertadores é uma dessas. Mensagem que deixo é que vamos deixar tudo em campo. Não podemos controlar o resultado, mas podemos controlar um nível de atuação forte, com concentração os 90 minutos. É isso que vamos fazer.

Esporte