PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Por antibióticos, presidente do Timão deve deixar hospital só nesta quarta

12/03/2019 15h26

Andrés Sanchez, presidente do Corinthians, completará uma semana internado. A alta do dirigente estava prevista para esta terça-feira, mas foi adiada para o dia seguinte. Assim, o cartola poderá terminar de tomar os "antibióticos endovenosos" ainda sob os cuidados da equipe de infectologia do Hospital São Luiz.

Sanchez trata de uma encefalite viral desde quarta-feira passada. O doutor Jorge Kalil é o chefe da equipe que tem cuidado do dirigente em São Paulo. A recuperação de Andrés é "absolutamente positiva" e a infecção foi combatida com sucesso.

O dirigente passou por uma bateria de exames no hospital e seus sinais vitais e resultados estão próximos do habitual. No quarto, aguardará pelo fim dos medicamentos para ser liberado e voltar para casa.

Não há previsão para retomar suas funções como presidente do Corinthians. Por enquanto, o diretor de futebol Duílio Monteiro Alves é quem tem liderado o futebol do Timão.

Esporte