PUBLICIDADE
Topo

Goulart participa de todos os gols na vitória do Palmeiras e desequilibra

12/03/2019 21h07

Ricardo Goulart atuou em apenas cinco dos 12 jogos do Palmeiras no ano, mas já é o artilheiro (três gols) e o garçom da equipe na temporada (três assistências). Assim como aconteceu contra o Ituano, ele participou de todos os gols na vitória do Palmeiras por 3 a 0 sobre o Melgar (PER), pela Libertadores.

Além de ter marcado pela terceira vez em 2019, ele deu assistências para Felipe Melo e Deyverson na boa atuação alviverde no Allianz Parque. Mesmo em pouco tempo, o camisa 11 mostra como se encaixa no esquema de Luiz Felipe Scolari. Com Goulart na meia, o Verdão não é tão cerebral, mas tem um jogador inteligente para definir lances rapidamente e a presença de praticamente um segundo centroavante na área.

Foi assim que o principal reforço de 2019 fez 2 a 0: infiltrou e completou de cabeça o cruzamento de Gustavo Scarpa, outro destaque nesta noite de Libertadores. Antes, já tinha desviado escanteio na primeira trave para Felipe Melo abrir o placar, no primeiro tempo.

Com três gols marcados, Ricardo Goulart está empatado com Borja na briga pela artilharia. E se com o desvio para Felipe já era o garçom isolado, aumentou a vantagem dentro do elenco com a segunda assistência no jogo, a terceira pelo Verdão, para um bonito gol de Deyverson.

De volta após mais de um mês fora (suspenso no Paulista e reserva na estreia da Libertadores), o camisa 16 comete seus erros, mas é outro que casa melhor com o estilo do Palmeiras. É um centroavante que participa do jogo como o chefe gosta: forte em lances pelo alto e capaz de fazer o pivô.

Sem sofrer ameaça do Melgar, o Palmeiras fez uma de suas melhores partidas na temporada e inicia a Libertadores de forma segura: duas vitórias em dois jogos, cinco gols marcados e nenhum sofrido. Seria um bom teste ver esta equipe novamente em campo no sábado, contra o São Paulo, mas Felipão deve voltar a rodar o elenco no Paulistão.

Esporte