PUBLICIDADE
Topo

Felipe Melo dá explicação inusitada para falta cometida no 1º tempo; veja

12/03/2019 22h19

Felipe Melo abriu o caminho para a vitória do Palmeiras por 3 a 0 sobre o Melgar (PER), no Allianz Parque, minutos antes de uma entrada forte em Arias, que lhe rendeu o cartão amarelo. Depois da boa atuação alviverde, o meio-campista explicou a jogada de forma inusitada.

- Eu tinha roubado uma bola alguns minutos atrás em um carrinho de lado. Fui tentar de novo o carrinho de lado, mas ele, muito esperto, entrou. O árbitro viu que não dei uma tesoura nele, tanto que não pego com a sola do pé, minhas genitais encostam nele e derrubam ele - justificou Felipe.

- No intervalo eu falei com o árbitro, ele disse que viu na televisão que era passível de cartão amarelo, enfim. Fiquei com um pouco de medo, digamos. Fui na volúpia de roubar a bola em um contra-ataque, mas graças a Deus ele viu o que aconteceu, apenas uma falta - acrescentou.

A jogada rendeu muita reclamação no banco de reserva da equipe peruana. O árbitro paraguaio Mário Diaz de Vivar não concordou com a pilha dos visitantes e manteve o amarelo para Felipe na jogada. O camisa 30 foi um dos destaques do jogo, que manteve o Verdão com 100% na Libertadores.

- Sabíamos que ia ser difícil jogar contra eles, nos preparamos de forma ideal para conseguir o resultado. O time lutou sem a bola, criou jogadas. Hoje, diferente de outros jogos, criamos e fizemos os gols. Já fizemos jogos importantes e a bola não entrou. Agradeço a Deus por ter sido capacitado no gol que abriu o caminho da vitória e foi importante para nós - completou.

Esporte