PUBLICIDADE
Topo

Como capitão, Messi vive uma de suas melhores fases no Barcelona

12/03/2019 14h30

Quando foi apresentado para a torcida blaugrana como novo capitão, ainda em 2018, Messi disse que "faria de tudo" para "trazer de volta" o troféu da Champions. Uma promessa que, vindo do craque, colocou a equipe catalã como favorita ao título e aumenta a expectativa para o jogo desta quarta-feira, contra o Lyon, pela jogo de volta das oitavas de final.

A temporada de Messi, até agora, está irretocável. Decisivo, artilheiro, líder de assistências e símbolo incontestável do clube catalão. Os números, os recordes e as apresentações do argentino, até agora, justificam todos os fatos e servem de estímulo para o Barcelona buscar a classificação para a próxima fase.

LÍDER

No Campeonato Espanhol, Messi já mostrou a que veio. O título é praticamente do Barcelona. A equipe lidera a competição com 63 pontos, sete a mais que o Atlético de Madrid e incríveis 15 pontos na frente do Real Madrid. O argentino, em 25 jogos, marcou 26 gols e deu 14 assistências. Líder absoluto na competição.

MELHORES JOGOS - LA LIGA

Entre as partidas de destaque no Espanhol: a vitória por, 8 a 2, no Huesca, com dois gols e duas assistências. O 5 a 0 no Levante, com três gols e duas assistências e o 4 a 2 no Sevilla, fora de casa, com três gols (golaços) e uma assistência, em uma atuação que entrou para a história da carreira do argentino.

DECISIVO

Em 2018/19, Messi se tornou o líder de gols (26) e assistências (12) nas cinco principais ligas europeias (Espanha, França, Alemanha, Itália e Inglaterra). O argentino esteve envolvido em 11 dos últimos 14 gols do Barça. Mais uma prova do envolvimento do argentino na equipe catalã.

PANORAMA

Liga dos Campeões, o Barcelona não caiu em um grupo fácil. Junto com Tottenham, Internazionale e PSV, o Barça sobrou: quatro vitórias e dois empates em seis derrotas. O líder? Messi: seis gols e uma assistência em cinco jogos que participou, tendo em vista que não jogou as duas partidas contra os Nerazzurri, por lesão.

MELHORES JOGOS - CHAMPIONS

Nos dois primeiros jogos da Champions, Messi foi decisivo. Primeiro, um hat-trick na estreia, que garantiu a vitória, por 4 a 0, no PSV. Na sequência, dois gols na vitória por 4 a 2, sobre o Tottenham. Com cinco gols nos dois primeiros jogos, o Barça assumiu, precocemente, a liderança do Grupo B.

COPA DO REI

O Barcelona chegou a final da Copa do Rei, após despachar o Leonesa, Levante, Sevilla e o Real Madrid (semifinal, 4 a 1, no agregado). Com menos gols, Messi continuou participativo. Dos quatro jogos que participou, foram dois gols e três assistências.

GOLEADOR

Ao todo, na temporada, Messi participou de 35 jogos, com 34 gols marcados e 19 assistências concedidas. Números absurdos, dignos do craque. Messi não jogou oito jogos, por lesão e por ser poupado. O argentino marcou 34% dos gols do Barça na temporada e teve participação direta em 53% de todos os tentos feitos.

COM MESSI X SEM MESSI

Com Messi em campo, o Barcelona teve 23 vitórias, nove empates e duas derrotas. Sem Messi, o Barça disputou oito partidas, com cinco vitórias, um empate e duas derrotas. De todos os 35 jogos, Messi só não marcou ou deu uma assistência em oito ocasiões.

REI DO 'EL CLASICO'

O Barcelona atropelou o Real Madrid nesta temporada. Foram quatro jogos, com três vitórias e um empate, além de dez gols marcados e apenas um sofrido. Apesar de Messi não ter marcado nem concedido assistências, foi nesta temporada que o Barça passou o rival em números de vitórias no confronto direto. Messi tem participação direta nisso: antes do argentino, o Real tinha 87 vitórias contra 66 do clube catalão. Depois de Messi, são 96 vitórias para o Barça e 95 para os Merengues.

*sob a supervisão de Aigor Ojêda

Esporte