PUBLICIDADE
Topo

Relembre protestos sofridos por grandes equipes na Europa

11/03/2019 18h38

Não é só no Brasil que os torcedores se revoltam com os resultados ruins de suas equipes. Na Europa, alguns times sofreram, ou sofrem, com a má fase e os apoiadores mais fanáticos não perdoam. Com isso, o LANCE! preparou uma galeria com casos de protestos em clubes no exterior.

PSG

O caso mais recente é do PSG. Apesar da liderança isolada no Campeonato Francês, o clube foi eliminado, mais uma vez, nas oitavas de final da Liga dos Campeões e gerou indignação da torcida, que foi protestar no treino do elenco, segundo o "L'Equipe"

O Paris Saint-Germain investiu pesado nos últimos anos, com nomes de peso, como Neymar e Mbappé, mas ainda falta conquistar o título da Liga dos Campeões para se consolidar no cenário internacional.

SPORTING

Em Portugal, o Sporting viveu um período bastante conturbado na última temporada. Houve muitos protestos da torcida, que chegou a invadir um treino da equipe e agredir alguns jogadores. Bas Dost chegou a ser levado para o hospital.

Depois de alguns jogadores pedirem para sair do clube, o Sporting parece estar se encontrando aos poucos. Nesta temporada, os Leões conquistaram o título da Taça da Liga Portuguesa.

ARSENAL

Após 22 anos, Arsène Wenger deixou o comando do Arsenal. Entrentato, o período final do treinador não foi muito tranquilo. Os resultados ruins da equipe fizeram com que a torcida protestasse bastante para a saída do técnico.

Atualmente, o Arsenal é comandando pelo espanhol Unai Emery e está na quarta colocação do Campeonato Inglês. Wenger segue sem clube.

INTER DE MILÃO

Em 2016, a Curva Nord, torcida organizada Internazionale fez um protesto no último jogo da equipe pela Liga Europa. A Inter de Milão já estava eliminada e sem chance de deixar a lanterna do grupo.

Na partida contra o Sparta Braga, os jogadores viram uma faixa, que dizia: Quatro derrotas em cinco jogos... Isso é o que merecem pelo empenho indecoroso... Envergonhem-se" e um setor completamente vazio no Giuseppe Meazza. A Inter de Milão venceu por 2 a 1, mas os torcedores não ficaram satisfeitos.

MILAN

Em 2015, o Milan atravessou um momento bastante delicado. Sem vencer há quatro rodadas do Campeonato Italiano, o Rubro-Negro não escapou da ira da torcida.

Na partida contra o Genoa, torcedores se organizaram em um dos setores da arquibancada e realizaram um mosaico humano, que formou a palavra basta.

JUVENTUS

Apesar da Juve ter dominado o cenário italiano nos últimos anos, nem tudo foi rosas neste período em Turim. Na última temporada, a equipe liderava a competição, mas deu margens para o Napoli encostar. Com isso, torcedores foram protestar no CT.

Não foi um protesto violento, longe disso. Dezenas de ultras entoavam e mostravam faixas com frases motivacionais. "Estamos sempre com você, nunca vamos deixar você" era a frase que se encontrava em meio à banners e gritos na parte externa do CT.

Esporte