PUBLICIDADE
Topo

Derrotado em casa, Galo volta ao Uruguai por recuperação na Libertadores

11/03/2019 17h56

Montevidéu, 11 mar (EFE).- Sem muito tempo para lamentar a derrota para o Cerro Porteño por 1 a 0 na última quarta-feira, no Mineirão, o Atlético-MG buscará a recuperação no grupo E da Taça Libertadores em jogo contra o Nacional, em Montevidéu, onde o Galo conquistou bons resultados durante a fase preliminar.

Será a terceira vez que o time dirigido por Levir Culpi entrará em campo na capital uruguaia nesta Libertadores. Na estreia na competição, pela segunda fase, o campeão de 2013 empatou com o Danubio em 2 a 2 - depois se classificou com uma vitória por 3 a 2 na Arena Independência. Depois, derrotou o Defensor por 2 a 0 - e avançou com um 0 a 0 em Belo Horizonte.

Nas outras duas ocasiões, o Atlético entrou em campo no estádio Luis Franzini. Desta vez, porém, o compromisso será no Gran Parque Central contra um dos dois gigantes do país vizinho, ao lado do Peñarol. O 'Tricolor' tem três títulos de Libertadores, dois a menos que os 'Carboneros'.

"Espero algo parecido com os jogos que fizemos no Uruguai. Espero um jogo físico, com atenção na parte defensiva e nas jogadas aéreas, que são as principais características da Libertadores. Os, argentinos, uruguaios, paraguaios... São todos competitivos e sabem disso. Assim, nosso time precisa ter controle psicológico e muita vontade de vencer", declarou Levir antes da viagem para Montevidéu.

Apesar da derrota em casa, a tendência é que o treinador faça apenas uma mudança na equipe. Suspenso contra o Cerro, o volante José Welison estará de volta e deverá retornar à formação inicial, mas não em lugar de Jair, que o substituiu no Independência, e sim na vaga de Elias, que não tem agradado.

O Nacional começou bem a campanha na Libertadores, batendo o Zamora por 1 a 0 na Venezuela. Entretanto, a fase não é das melhores, e o trabalho do técnico Eduardo Domínguez vem sendo contestado devido ao começo ruim no Apertura Uruguaio - foram três empates e uma derrota em quatro rodadas até agora.

A imprensa local aposta que Domínguez repetirá contra o Galo a escalação do triunfo em Barinas. Com isso, o lateral Álvaro Pereira, que disputou as Copas do Mundo de 2010 e 2014 pelo Uruguai e defendeu o São Paulo, ficará no banco.

Prováveis escalações:.

Nacional-URU: Conde; Angeleri, García e Viña; Zunino, Carballo, Arzura e Sant'Anna; Rodríguez, Castro e Bergessio. Técnico: Eduardo Domínguez.

Atlético-MG: Victor; Patric, Réver, Igor Rabello e Fábio Santos; Adilson, Jair, Zé Welison e Cazares; Luan e Ricardo Oliveira. Técnico: Levi Culpi.

Árbitro: Roberto Tobar (Chile), auxiliado pelos compatriotas Christian Schiemann e Alejandro Molina.

Estádio: Grande Parque Central, em Montevidéu. EFE

Esporte