PUBLICIDADE
Topo

Centro de formação de jogadores faz excursão ao Rio e encara Vasco e Flu

11/03/2019 14h53

Responsável pela formação de atletas em Minas Gerais, a A.M.D.H. (Associação Mineira de Desenvolvimento Humano) fará uma excursão pelo Rio de Janeiro nesta semana. A associação - responsável por revelar o atleta Fernando, de 20 anos, vendido ao Shakhtar Donetsk, da Ucrânia - enfrenta o Fluminense nesta terça-feira, dia 12, em Xerém. Depois, encara o Serrano, em Petrópolis, na quarta, e o Vasco, no CT Artsul, na quinta.

Franz Wendel, treinador da categoria sub-17, e Plínio Junior, técnico do sub-15, serão alguns dos profissionais da A.M.D.H. na excursão. Eles comentaram a experiência. O projeto é campeão do interior por quatro vezes no sub-17.

- Teremos uma semana muito rica, na qual enfrentaremos times grandes do Rio, o Fluminense e o Vasco, e poderemos observar atletas do Serrano. Acredito que será algo bastante produtivo para o clube, pois será uma chance de mostrarmos bons atletas, que podem ser observados e até mesmo captados por grandes clubes de lá. Além de tudo isso, serve de preparação para a nossa equipe para as futuras competições da temporada, o Campeonato Mineiro, a Taça BH e a Copa do Brasil - disse Franz.

- É uma experiência muito boa para os meninos. O Brasil é um país muito grande, então o futebol é diferente em cada estado, tem suas peculiaridades. Para os garotos, muito novos, que precisam ainda de rodagem, é algo muito interessante. Além de, claro, pensarmos na formação de nossa equipe, já que ainda estamos em início de temporada. Nosso time é competitivo e esperamos fazer bons jogos lá - Plínio.

Em julho de 2017, a A.M.D.H. ganhou destaque com a venda de Fernando, que estava no Palmeiras, ao Shakhtar Donetsk (UCR). O atleta, à época com 19 anos, foi formado na associação.

- Além dos resultados, conseguimos também encaminhar vários atletas a grandes clubes de todo o Brasil. São os frutos que a gente colhe deste grande trabalho, que vem evoluindo de forma rápida e eficiente. Um grande exemplo disso é o Fernando, que percebemos ser um atleta diferente logo no início dele aqui. A ascensão foi meteórica. Ele foi praticamente contratado pelo Palmeiras antes mesmo de finalizar a participação na Taça BH. É um garoto brilhante, tem um futuro enorme pela frente. Esperamos que "outros Fernandos" saiam daqui para brilhar mundo afora - disse Evandro Marçal, coordenador do projeto.

Criada em 2008, a Associação Mineira de Desenvolvimento Humano é uma instituição sem fins lucrativos, que iniciou suas atividades com a oferta de aulas de dança de salão para comunidades carentes de Nova Lima, com o apoio voluntário. Quatro anos depois, a entidade lançou o A.M.D.H. Futebol Clube, que desenvolve equipes de alto rendimento no futebol nas categorias infantil e juvenil na cidade de Betim. Logo em seu primeiro ano de existência, a equipe conquistou o terceiro lugar no Campeonato Mineiro Juvenil (sub-17), ficando à frente de Cruzeiro e América-MG. Em 2014 e 2018, a equipe foi vice-campeã do interior.

- O A.M.D.H. Futebol Clube é, de fato, o projeto mais audacioso da nossa instituição. Não é fácil montar um clube de futebol em Minas Gerais, pois a concorrência é forte. Além dos grandes clubes da primeira divisão do futebol brasileiro, temos várias equipes consolidadas no interior e região metropolitana. Mas, trabalhando forte e de forma séria, estamos conseguindo nosso espaço dentro deste cenário. Desde 2012, temos as equipes sub-15 e sub-17 sempre disputando o campeonato estadual e fazendo grandes campanhas, inclusive, com bons resultados frente a Atlético, Cruzeiro e América. Em 2017, passamos pela quarta vez consecutiva à segunda fase do Campeonato Mineiro na categoria sub-15 e conquistamos o título de Campeão Mineiro do Interior. Isso tudo é motivo de muito orgulho para nós e, claro, dá uma motivação a mais para seguir trabalhando e surpreendendo a cada dia - completou Evandro.

Esporte