PUBLICIDADE
Topo

'Oscilação nos custou sair atrás', diz Mancini sobre tropeço do São Paulo

10/03/2019 00h05

O técnico Vagner Mancini não escondeu que o início instável custou ao São Paulo o empate em 1 a 1 com a Ferroviária. Em entrevista coletiva na noite deste sábado, após o duelo no Pacaembu, o comandante são-paulino lamentou o impacto do gol de Léo Artur:

- Nós tivemos uma oscilação nos primeiros 20, 25 minutos. Isto nos custou sair atrás, e você se desgasta. Nós temos a certeza de que, se tivéssemos saído na frente, a chance de vencermos bem seria ampla.

Em seguida, o treinador valorizou a maneira como a equipe reagiu na etapa final:

- A volta do segundo tempo, com ímpeto da nossa equipe aconteceu depois de conseguirmos encaixar a marcação. Nós tivemos uma evolução muito grande na partida. Em alguns aspectos, melhoramos muito em relação aos outros jogos, em termos de chances, de oportunidades.

Um dos fatores foi a criação pelo lado direito:

- Vimos o Igor (Vinícius) criando bem jogadas, ora com o Luan, com o Helinho ou o Hernanes. Foi fruto desta evolução que eu havia citado. Mas ainda temos de melhorar no lado esquerdo.

Mancini ainda falou sobre a opção por um esquema com três zagueiros:

- Nós vínhamos de jogos sem tomar gols com esta formação, e ela passava uma segurança para nós. Isto depende da leitura, da estratégia montada para cada partida. A Ferroviária, que é uma grande equipe, que tem um goleiro muito bom, soube explorar nossos erros, jogou bem onde a gente não encaixava.

Questionado se pretende modificar a formação da equipe para o Choque-Rei, o treinador foi reticente:

- Tenho uma semana até o próximo jogo. Estamos com duas formações que são boas. Em uma a gente pode usar mais alas, na outra a gente tem estas variações mais ofensivas. Ainda tenho a semana para definir.

Esporte