PUBLICIDADE
Topo

Após vitória, Diniz destaca volume ofensivo e melhor entrosamento

10/03/2019 19h12

O Fluminense fez prevalecer a superioridade técnica e venceu a Cabofriense por 2 a 1, neste domingo, pela terceira rodada da Taça Rio. O time comandado por Fernando Diniz saiu do Maracanã com importante resultado, tanto na Taça Rio, em que assumiu a liderança do Grupo B, quanto na classificação geral do Carioca, em que alcançou a terceira colocação. O treinador gostou do que viu dos seus jogadores no setor ofensivo, mas fez ressalvas quanto aos sustos tomados pela equipe nos contra-ataques.

-A questão ofensiva hoje, se não foi o melhor jogo do ano, foi um dos melhores. O placar poderia ser mais elástico, muitas chances, escanteios, e tem muito para evoluir ainda. Os jogadores vão ganhando mais entrosamento, esperamos evoluir com o tempo. A gente tem de saber aproveitar melhor as chances, em determinadas partidas poderia fazer falta. O futebol é muito incerto. O Allan entrou muito bem, o Dodi fez boa partida, mas teve que jogar fora das características. Fizemos dois gols, mas poderíamos fazer outros. O ponto negativo foram os contra-ataques, algo que não estava acontecendo. Nosso pior ponto foram as transições defensivas. Poderíamos ter evitado o gol que sofremos da Cabofriense - analisou.

O treinador também elogiou o desempenho de sua maior estrela, Paulo Henrique Ganso. O camisa 10 do Flu fez uma ótima partida, deixando os companheiros em boas condições de finalizar. Diniz explicou, ainda, a razão da equipe ter concentrado as jogadas ofensivas pelo lado direito do campo.

-Tudo pode melhorar com o decorrer do tempo. Na quarta, Ganso já havia feito boa partida, todos sabem da criatividade dele, a genialidade que tem, a tendência é de evolução. Os fatores preponderantes para o jogo ter ido mais para o lado direito foram a presença Gilberto e a ausência do Everaldo, a maior parte do tempo as jogadas são realizadas por ele no lado esquerdo. A presença do Gilberto facilitou no lado direito.

O Fluminense volta a campo na próxima quinta, quando viaja até Saquarema para encarar o Boavista, também pela Taça Rio, às 20h.

Esporte