PUBLICIDADE
Topo

Ex-Fluminense vai para sua nona temporada no futebol chinês

08/03/2019 16h27

A segunda divisão chinesa vai começar neste fim de semana. A competição segue evoluindo para se igualar a Superliga (primeira divisão) apresenta novidades. O mais antigo brazuca na China, o atacante Dori, que vestirá a camisa 10 do Meizhou Hakka será uma das referências da equipe pensando em subir.

- A expectativa é muito grande para uma temporada difícil. Para quem acha que a Superliga é forte, é porque não conhece a Liga Jia. O equilíbrio e a competitividade têm aumentado demais e não sabemos quem são os favoritos. Estou indo para mais um ano na China e meu clube, apesar de não estar ainda planejado para subir, pode fazer um grande ano. Quero ajudar e fazer muitos gols. Esse é meu ofício e pretendo fazer bem - disse.

O atacante também falou sobre a queda de Shijhiazuang e o Guizhou, times de Muriqui e Marcelo Moreno, respectivamente. Dori salientou que os clubes não são imbatíveis e ainda demonstra animação para entrar em campo.

- O time do Muriqui e do Marcelo Moreno, o Shijhiazuang e o Guizhou, time que desceu da primeira em 2018, chegam fortes mas não imbatíveis. Será um grande ano e estou muito motivado, ainda mais depois da semana, com o nascimento do meu filho Vicente e meu aniversário. Isso anima ainda mais - concluiu

Esporte