PUBLICIDADE
Topo

Não é só Vinicius Júnior: veja outros que perderam chance na Seleção

07/03/2019 17h04

Convocado pela primeira vez para a Seleção Brasileira, o atacante Vinicius Júnior deve ser cortado da lista do técnico Tite para os amistosos contra Panamá e República Tcheca, nos dias 23 e 26 de março. Isso porque o jogador sofreu uma ruptura do ligamento do tornozelo direito na última terça-feira, na derrota por 4 a 1 do Real Madrid (ESP) para o Ajax (HOL) pela Liga dos Campeões da Europa.

Abaixo, o LANCE! relembra casos de jogadores que tiveram de ser cortados da Seleção e perderam boas chances. Confira:

PEDRO

Nos amistosos da Seleção Brasileira em setembro do ano passado, contra Estados Unidos e El Salvador, o atacante Pedro teve de ser cortado da lista de Tite. O jogador do Fluminense sofrera um estiramento nos ligamentos do joelho direito.

DOUGLAS COSTA

O atacante Douglas Costa já foi cortado de algumas convocações da Seleção Brasileira. As principais foram dos Jogos Olímpicos de 2016 e na Copa América Centenário de 2016, ambar por uma lesão na coxa esquerda. Outro problema muscular que o fez perder boa chance foi durante a Copa do Mundo do ano passado, quando sentiu dores na coxa direita após destacar-se contra a Costa Rica.

FERNANDO PRASS

Quem também perdeu a chance de conquistar a medalha de ouro nos Jogos Olímpicos de 2016 foi o goleiro Fernando Prass, que teve de passar por uma cirurgia no cotovelo direito e foi cortado.

EMERSON

Um dos cortes mais emblemáticos é do volante Emerson na Copa do Mundo de 2002. Então capitão da Seleção Brasileira, ele luxou o ombro quando atuava como goleiro em um rachão na véspera da estreia. O Brasil acabou conquistando o penta, com Cafu sendo o dono da braçadeira.

ROMÁRIO

Emerson, por outro lado, entrou na lista da Copa do Mundo de 1998 devido a uma lesão de outro jogador: o atacante Romário. A imagem do Baixinho chorando na entrevista coletiva antes da competição disputada na França também rodou o mundo. Na ocasião, ele tinha sofrido uma lesão na panturrilha.

Na mesma Copa de 1998, outros três brasileiros tiveram lesões e não foram convocados: Márcio Santos, Flávio Conceição e Juninho Paulista.

EDMILSON

Campeão em 2002, Edmilson não pôde disputar a Copa do Mundo seguinte. Isso porque, durante a preparação da Seleção Brasileira, ele sofreu uma ruptura no menisco do joelho direito.

RICARDO GOMES

Antes da Copa do Mundo de 1994, quando o Brasil conquistou o tetra, Ricardo Fomes sofreu uma lesão muscular no amistoso diante do El Salvador e teve de ser cortado da competição.

Na mesma Copa de 1994, Mozer foi cortado por conta de problemas hepáticos crônicos causados por consumo excessivo de anti-inflamatórios. Mozer já havia sido cortado da Copa de 1986 devido a uma lesão no joelho.

TONINHO CEREZO

Não foi apenas Mozer o cortado antes da Copa do Mundo de 1986. O atacante Toninho Cerezo também se lesionou antes da competição. Ele já havia disputado a Copa de 1982.

CARECA

Às vésperas da Copa do Mundo de 1982, o atacante Careca teve de ser cortado da lista da Seleção Brasileira. Ele sofrera um estiramento muscular na coxa.

CLODOALDO

Campeão em 1970, o volante Clodoaldo foi cortado da Copa do Mundo de 1974. Ele sofreu um estiramento na coxa esquerda e deixou a Seleção Brasileira.

Esporte