PUBLICIDADE
Topo

Com gol de falta de Willian, Chelsea vence e fica perto da classificação

Willian e Giroud comemoram gol do Chelsea  - Tony O"Brien/Reuters
Willian e Giroud comemoram gol do Chelsea Imagem: Tony O'Brien/Reuters

07/03/2019 18h53

Com uma atuação segura e eficiente, o Chelsea não deu sopa para o azar e derrotou o Dínamo de Kiev, no Stamford Bridge, por 3 a 0, nesta quinta-feira, no jogo de ida das oitavas de final da Liga Europa. Pedro, Willian e Hudson-Odoi marcaram os gols dos Blues.

O jogo de volta será na próxima semana, na Ucrânia, e o Chelsea pode perder por dois gols de diferença que ainda assim se classifica para a fase de quartas de final da competição.

Tabelou, é gol

Pressionado para mostrar serviço dentro de campo na única competição onde o título ainda é possível, o Chelsea precisou de apenas 17 minutos para abrir o placar no Stamford Bridge. Pedro criou jogada pela esquerda e achou Giroud dentro da área. O centroavante devolveu de letra e o atacante espanhol completou para as redes e deixou o Chelsea em vantagem.

Chelsea para em Boyko

Na busca do segundo gol para dar tranquilidade na partida e para o jogo de volta, o Chelsea seguiu em cima do time ucraniano e fez com que o goleiro Boyko fosse o principal destaque do primeiro tempo, operando grandes defesas em chutes de Pedro, que foi o melhor jogador dos Blues na etapa inicial.

Toque brasileiro

Se com bola rolando foi difícil passar do goleiro Boyko, Willian mostrou quem manda quando a jogada é de bola parada. Já no segundo tempo, em cobrança de falta da entrada da área, o brasileiro mostrou muita categoria para converter a infração com um lindo gol, deixando o arqueiro ucraniano sem reação e dobrando a vantagem dos Blues.

Dínamo pressiona, mas Chelsea castiga

Nos momentos finais de partida, o Dínamo foi com tudo para o ataque em busca de um gol que desse a chance do time ucraniano jogar por pelo menos uma vitória pelo placar mínimo no jogo de volta para conseguir a classificação. Contudo, com um sistema defensivo sólido, os Blues não deram chances ao ataque visitante e em um contra-ataque fulminante, Loftus-Cheek deixou Hudson-Odoi na cara do gol para o jovem marcar o terceiro e deixar a vaga para a próxima fase da competição muito bem encaminhada.

Esporte