PUBLICIDADE
Topo

Apesar de sequência cheia, Cuéllar se diz preparado para jogo contra Vasco

07/03/2019 16h04

Uma das pautas da semana no Flamengo tem sido a possibilidade de o técnico Abel Braga poupar ou não jogadores no clássico com o Vasco, no sábado, uma vez que o time atuou na altitude, contra o San José, da Bolívia, na última terça-feira, e quarta-feira vai encarar a LDU, do Equador, ambos duelos pela Libertadores. O volante Cuéllar, um dos que mais atuou na atual temporada, afirmou que está à disposição para a partida deste fim de semana, pela Taça Rio, mas fez questão de ressaltar a qualidade do grupo rubro-negro.

- É uma sequência muito difícil que temos de enfrentar da melhor maneira. O jogo de terça já passou e, agora, temos de focar no Vasco. Depois, pensar na Libertadores. No dia a dia, a preocupação é com o Vasco. Respeitamos, mas vamos tentar fazer o nosso trabalho, impôr nosso ritmo e conquistar os três pontos - disse ele, que completou:

- A direção esta ciente disso (poupar). O elenco é qualificado e qualquer um pode jogar. Estou preparado, assim como todo mundo que jogou terça. Se o treinador precisar... Se não, temos confiança em qualquer um que for jogar. Se colocar o mesmo time, estaremos preparados.

Veja outros tópicos da coletiva:

Vitória sobre San José

- Foi muito importante para essa caminhada que temos na Libertadores. Começar ganhando é sempre importante em uma competição assim, dá um impulso a mais, ainda mais que é muito difícil jogar em Oruro. Foi um jogo muito importante, resultado importante que eleva o moral para o clássico. Será difícil, mas temos confiança de que podemos ganhar os três pontos (contra o Vasco).

Derrota para o Flu aumenta a responsabilidade em clássico?

- O Flamengo tem sempre a responsabilidade de ganhar. A responsabilidade é nossa de vestir a camisa do maior clube do Brasil, procurando o resultado e buscando vencer. Esse jogo foi difícil, mas não estamos mais pensando nisso. Estamos focados no Vasco.

- Vamos entrar, obviamente, querendo resultado e querendo vencer. Os clássicos são diferentes. Temos de focar no resultado, independentemente do adversário, seja Vasco, Fluminense ou Botafogo. Se perder, vai ser uma cobrança acima da média. Isso é natural. Vai ser um jogo difícil, que temos de procurar resultado para ficar mais perto da classificação.

Performance do time no ano

- Acho que está nítido que o time está bem preparado fisicamente, jogamos na altitude e conseguimos bom resultado. As duas coisas vão juntas, está perto (melhor performance), mas ainda não esta 100%. Estamos caminhando.

Adílio visitou a Gávea. Já teve conversa com os ex-jogadores que ganharam a Libertadores?

- Teve pouco papo com ele, mas todo mundo sabe que á e unica Libertadores que o Flamengo tem. Estamos aqui para tentar conseguir um novo ciclo. Claro que isso não pode nos colocar uma pressão extra, mas estamos jogando por isso. Eles fizeram história e em um clube gigante e estamos atrás disso também. Começamos bem, mas ainda temos coisas a melhorar.

Treinos na Gávea

- Foi motivante. Começa a relembrar como foi a historia do Flamengo. A Gávea faz parte do inicio da história do Flamengo, muitos não tinham vindo. E ficar perto da torcida também é sempre bom, saber do carinho que eles têm. Tem sido muito bacana.

Preparado para sábado?

- Estou bem fisicamente. Se precisar de mim no sábado, vou tentar dar o meu melhor. Todos que jogaram em Oruro também tenho certeza que vão estar a disposição. Mas se não jogar, tem jogadores de qualidade para a posição. Com certeza, time não vai sentir minha falta.

Esporte