PUBLICIDADE
Topo

Gol no fim coroou a boa partida de Marcos Rocha

06/03/2019 23h46

Não foi uma grande atuação do Palmeiras, que teve a posse por apenas 37,6% do tempo e deu somente seis finalizações, mas foi uma importante vitória para o time na estreia da Libertadores. Um triunfo que, se não apresentou um futebol coletivo empolgante, contou com algumas boas atuações individuais para vencer o Junior Barranquilla, na Colômbia, por 2 a 0. Entre elas, a do lateral-direito Marcos Rocha.

Autor do segundo gol do time - o primeiro foi marcado por Gustavo Scarpa -, já nos acréscimos, o camisa 2 vinha sendo um dos pilares defensivos da equipe na partida. O tento, inclusive, nasceu de uma interceptação sua na defesa, que vira um passe para Borja, responsável pela assistência final. Ao todo, foram três antecipações do lateral no jogo, a maior marca do confronto.

Outro fundamento defensivo que o jogador liderou foi o de desarmes. Apesar da entrada do habilidoso Luis Díaz pelo seu setor, no segundo tempo, Marcos conseguiu vencer a maioria dos duelos, terminando a partida com quatro roubos de bola, mesmo número alcançado por Victor Luís e Felipe Melo.

MARCOS ROCHA X JUNIOR BARRANQUILLA

- Dados do Footstats

90 minutos em campo

1 gol

28 passes certos

8 passes errados

4 desarmes certos

3 interceptações certas

3 rebatidas defensivas ?

Esporte