PUBLICIDADE
Topo

Gansou! Com gol do 10, Flu bate o Ypiranga e avança na Copa do Brasil

06/03/2019 23h23

Enfim, Gansou! Na noite desta quarta-feira, o Fluminense entrou em campo pela segunda fase da Copa do Brasil. No Maracanã, o Tricolor recebeu o Ypiranga, do Rio Grande do Sul, venceu por 3 a 0 e Ganso, pela primeira vez, deixou a sua marca pela equipe de Fernando Diniz. O camisa 10 do Flu teve grande atuação, fazendo um "gol de barriga" que lembrou o feito por Renato Gaúcho em 1995. Everaldo e Luciano completaram a favor dos cariocas.

Com o resultado, o Fluminense avançou de fase. Ainda com data e mando de campo a serem definidos em sorteio, o Tricolor enfrentará na sequência da Copa do Brasil a Luverdense, do Mato Grosso. Antes, no domingo, pela Taça Rio, segundo turno do Campeonato Carioca, os comandados de Fernando Diniz irão enfrentar a Cabofriense.

PRESSÃO, PRESSÃO E PRESSÃO

O Fluminense pressionou de todas as formas desde o minuto inicial para fazer o resultado favorável e ficar mais tranquilo no restante do jogo. Aos dois, a pressão quase surtiu o efeito esperado, com Ganso recebendo de Yony González e parando no goleiro Deivity. O arqueiro do Ypiranga, porém, sentiu a pressão dois minutos mais tarde, quando Luciano conseguiu atrapalhar a sua saída de bola, que acabou sobrando para Everaldo, livre, abrir o placar para o Tricolor.

INÍCIO DO GANSOU

Em noite inspirada, Ganso se articulava na criação das jogadas, participando efetivamente do setor ofensivo do Fluminense. Aos 36 minutos do primeiro tempo, o camisa 10 deu início ao que viria mais tarde, ainda neste jogo. Ele fez lindo lançamento para Caio Henrique, que achou Luciano, sozinho, para fazer o 2 a 0. Antes do intervalo, aos 40, Ganso quase deixou o dele, cobrando falta no ângulo - mas parando em Deivity, que voou para espalmar.

BARRIGA NOSTÁLGICA EM DIA DE GANSOU

Na volta para o segundo tempo, Ganso seguiu a batida pela primeira vez com a camisa do Fluminense, e de forma nostálgica para os quase seis mil torcedores que foram ao Maracanã assistir ao jogo decisivo pela Copa do Brasil. Aos 12 minutos, o camisa 10 recebeu de Digão e, de barriga, fechou a vitória por 3 a 0 do Tricolor. Vitória merecida, grande atuação de Ganso e a esperança dos tricolores que Ganso, para a sequência da temporada, consiga evoluindo, fazendo mais gols e se firmando como um dos ídolos da história do Fluminense. Assim como o autor do gol há 24 anos.

FICHA TÉCNICA

FLUMINENSE 3 X 0 YPIRANGA-RS

Estádio: Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)

Data/hora: 6/3/2019, às 21h30 (de Brasília)

Árbitro: Leandro Bizzio Marinho (SP) - Nota LANCE!: 6,5 (acompanhou as jogadas de perto, não influenciando no resultado)

Auxiliares: Herman Brumel Vani (SP) e Gustavo Rodrigues de Oliveira (SP)

Público/renda: 5.847 pagantes/R$ 182.950,00

Cartões amarelos: Bruno Silva (FLU) e Léo Kanu (YPI)

Cartão vermelho: -

GOLS: Everaldo 4'/1ºT (1-0), Luciano 36'/1ºT (2-0) e Ganso 12'/2ºT (3-0)

FLUMINENSE: Rodolfo, Gilberto (Marcos Calazans 35'/2ºT), Matheus Ferraz, Digão e Caio Henrique; Airton (Allan 13'/2ºT), Bruno Silva e Ganso (Daniel 29'/2ºT); Everaldo, Luciano e Yony González. Técnico: Fernando Diniz.

YPIRANGA: Deivity, Wesley, Léo Kanu, Wagner e Rafael Klein; Henrique, Faísca, Flávio (Fidélis 26'/2ºT) e Vinícius Tsumita (Lima 35'/2ºT); Marcinho (Joãozinho 16'/2ºT) e Jackson. Técnico: Círio Quadros.

Esporte