PUBLICIDADE
Topo

Bola e intensidade: Arrascaeta fica devendo e vê Everton Ribeiro crescer

06/03/2019 07h00

Após a derrota para o Fluminense na semifinal da Taça Guanabara - em que falhou no gol da derrota e eliminação -, Abel Braga deu moral para o meia, o abraçou e o escalou como titular nas últimas três jogo do Flamengo. Contudo, a atuação discreta diante do San José, em Oruro, pode colocar o status do meia em xeque para os próximos desafios, seja pelo Estadual, seja pela Libertadores.

No primeiro grande jogo do Flamengo no ano, Arrascaeta ficou devendo. O meia pouco dialogou com os parceiros de ataque em um primeiro tempo em que o time não sofreu grandes sustos, tampouco criou chances claras de gol. Assim, foi sacado por Abel Braga no intervalo e não voltou para a etapa final.

Os 13 passes que Arrascaeta acertou nos 45 minutos iniciais foram para Pará (3), Renê (3), Cuéllar (3), Diego (2) e Gabigol (2). Foram quatro passes errados. Além da tímida contribuição ofensiva, o uruguaio ainda ficou devendo na recomposição defensiva, deixando os laterais, principalmente Pará, em apuros.

Pesa contra Arrascaeta o fato de ter se apresentado ao clube cerca de duas semanas após o resto do elenco. O uruguaio, envolvido em uma longa negociação com o Cruzeiro, ainda não alcançou sua melhor forma e, até por isso, o treinador resolveu dar mais minutos ao jogador nas partidas recentes.

Soma-se a isso a recuperação de Everton Ribeiro, que entrou bem na etapa final na Bolívia, sendo bem mais participativo e efetivo que o companheiro uruguaio - confira os números dos meias do Flamengo na partida abaixo.

O camisa 7, um dos mais regulares do Flamengo no último ano, recuperou-se das dores no joelho esquerdo e acirra a briga no setor ofensivo. Por outro lado, Abel Braga voltou a perder Berrío na véspera do duelo, desta vez por conta de dores na coxa esquerda. O atacante colombiano é dúvida para a sequência.

OS NÚMEROS DOS MEIAS DO FLAMENGO DIANTE DO SAN JOSÉ (FOOTSTATS):

MINUTOS EM CAMPO

Cuéllar e Arão: 90 minutos mais acréscimos

Diego: substituído aos 40 minutos do segundo tempo

Arrascaeta: substituído no intervalo

Éverton Ribeiro: 45 minutos mais acréscimos da etapa final

Ronaldo: atuou por cinco minutos mais os acréscimos da etapa final

PASSES

Cuéllar: 32 certos/3 errados

Arão: 29 certos/5 errados

Diego: 28 certos/2 errados

Everton Ribeiro: 22 errados/4 errados

Arrascaeta: 13 certos/4 errados

Ronaldo: 3 certos/0 errado

PERDAS DE POSSE

Diego: 3

Arrascaeta, Ronaldo e Cuéllar: 2

Arão e Everton Ribeiro: 1

FINALIZAÇÕES

Everton Ribeiro: 2 certas

Cuéllar e Arão: 1 errada

DESARMES

Arão: 5 certos/1 errado

Diego e Everton Ribeiro: 2 certos

Arrascaeta, Ronaldo, Cuéllar: 1 certo

Esporte