PUBLICIDADE
Topo

Jonas, Marcelo, Rildo... Confira o vaivém desta segunda-feira

04/03/2019 19h52

Em ritmo de folia do Carnaval, o mercado brasileiro esteve pouco movimentado e as poucas negociações nacionais surgiram, como Rildo, pretendido pala Chapecoense e Jonas cobiçado pelo Santos. Contudo, no mercado internacional, o panorama foi diferente e algumas especulações apareceram, e os nomes de Marcelo, Bale, Löw e Pochettino foram ventilados na próxima janela de transferências.

DESEJO DE SAMPAOLI, JONAS DEVE FICAR NA EUROPA

Pedido do técnico Jorge Sampaoli no Santos, o atacante Jonas deve ficar no Benfica-POR. Sempre alvo dos clubes brasileiros, o centroavante deseja ficar na Europa pela intenção de conquistar mais um título do Campeonato Português. No momento, o Benfica está na liderança do torneio, com 59 pontos, dois a mais que o segundo colocado Porto.

Depois de recomendar os nomes de Alexandre Pato e Ricardo Oliveira, Sampaoli falou em Jonas. A decisão estava nas mãos do presidente José Carlos Peres, que não fez proposta pelo atacante nesta janela de transferências.

RILDO PRÓXIMO DA CHAPECOENSE

Perto de rescindir seu contrato junto ao Vasco, está faltando apenas que o jogador de 29 anos de idade com passagem também por clubes como Santos e Corinthians faça os tradicionais exames médicos e feche acordo com o clube de Santa Catarina até o final da temporada de 2019.

Além dessa adição ao plantel, a diretoria da Chape ainda quer enriquecer outras posições no elenco de Claudinei Oliveira, sendo uma delas a lateral-direita. A peça mais desejada para o elenco seria Fabiano, hoje pertencente ao Palmeiras, porém o time paulista quer negociá-lo apenas em definitivo, algo que a Chape não teria condições de arcar.

BUFFON PODERIA JOGAR EM MANCHESTER

Um dos maiores goleiros da história do futebol, Ginaluigi Buffon revelou, em entrevista ao ex-jogador Rio Ferdinand, que teve a oportunidade de defender os dois grandes clubes de Manchester: o City e o United, em momentos distintos de sua carreira.

O City foi mais incisivo. Chegou a fazer uma oferta quando o goleiro já estava na Juventus. Segundo o goleiro, na época em que o time estava começando a investir mais pesado no futebol, o City o queria como primeira grande contratação.

MARCELO DE SAÍDA?

A situação do brasileiro no clube é a pior desde que chegou na equipe. Reserva, com desempenhos ruins e criticado pela torcida, Marcelo, que nunca cogitou deixar o Real Madrid, agora vê com bons olhos uma saída, caso sua situação não mude.

Outro motivo do baixo rendimento do lateral seria o sobrepeso. A Juventus do antigo parceiro Cristiano Ronaldo é um dos principais destinos cogitados para a próxima janela.

PROBLEMA COM SOLARI PODE TIRAR ISCO DO REAL

O problema de Isco é Solari. O treinador não coloca o espanhol para jogar e o meia amarga o banco de reserva, sendo às vezes nem relacionado. O técnico, porém, provavelmente não permanecerá na próxima temporada, só uma conquista de Liga dos Campeões parece salvar Solari.

A diretoria madrilenha acredita que com um novo treinador, Isco pode voltar a render. Porém, não gostou como o espanhol lidou com o banco de reservas: em vez de lutar por sua posição, se conformou com a situação.

BALE SEM CLIMA PARA CONTINUAR

Com gols importantes em finais de campeonato e em partidas chaves, o Real Madrid sente que o dinheiro gasto com Bale já deu retorno. Com problemas de relacionamento com o staff técnico e os jogadores, além de um desempenho ruim em campo, o galês está com os dias contados em Madrid.

O jogador é retraído e não aprendeu a língua espanhola por completo, o que dificultou ainda mais o entrosamento. A diretoria merengue está cada vez mais convicta da necessidade de negociar o jogador.

LÖW E POCHETTINO ESPECULADOS NO REAL

Após duas derrotas para o Barcelona, eliminações e tropeços constantes, a permanência de Solari no Real Madrid ficou condicionada à conquista da Liga dos Campeões. A diretoria do clube espanhol, porém, já começa a trabalhar internamente para encontrar um substituto para o argentino no mercado.

Segundo o jornal espanhol 'As', três nomes surgem com mais força: Joachim Löw, Maurício Pochettino e Massimiliano Allegri.

Esporte