PUBLICIDADE
Topo

Carille admite queda de rendimento na etapa final e elogia Clayson

02/03/2019 19h07

Fábio Carille admitiu que o segundo tempo do Corinthians, no empate com o São Bento na tarde deste sábado, fora de casa, pelo Campeonato Paulista, foi com um desempenho pior em comparação com o apresentado na etapa inicial. O treinador do Timão citou exemplos, apontando a questão física como um dos pontos cruciais para a queda de rendimento.

- No segundo tempo senti o time rendendo menos. O Sornoza esteve abaixo do que apresentou no primeiro tempo, o Junior Urso sentiu e também o Richard por não estar jogando. A questão física foi um ponto que nos atrapalhou bastante no segundo tempo - afirmou o treinador em entrevista coletiva após a partida, completando sobre Clayson, que encerrou jejum de gols de dez meses neste sábado:

- O segundo semestre do ano passado, não convivi mas soube dos problemas dele. Teve um problema no joelho e perdeu a sogra muito cedo e o filho ficou cerca de 60 dias na UTI por ter nascido prematuro. Mas ainda assim foi um jogador muito decisivo no Brasileiro. É um jogador em quem acredito muito, que vai bem na marcação e finaliza bem e ainda está em uma retomada.

O empate do Corinthians fez a equipe chegar aos 14 pontos, na lidernaça do Grupo C. Pelo Paulista, o Timão volta a campo no próximo dia 10, no clássico com o Santos.

Esporte