PUBLICIDADE
Topo

Vila Nova, do 'boxeador' Alan Mineiro, é o novo detentor do 'Cinturão do Futebol Brasileiro'

01/03/2019 09h00

Em um trabalho que remonta à primeira partida oficial do futebol brasileiro, o pesquisador Michel Serra decidiu dar um ar de boxe ao esporte bretão. No site "Cinturão do Futebol Brasileiro", ele traçou uma linha do tempo onde cada vencedor - desde o primeiro jogo de futebol no Brasil, entre a A.A Mackenzie x S.C Germânia, em 1902 - fica com um cinturão, como na nobre arte. E o detentor do título simbólico, agora, é o Vila Nova, que bateu a antiga campeã URT nos pênaltis, na noite da última quarta-feira.

Como nas grandes lutas, a disputa foi épica e, após empate no tempo normal, só foi decidida no oitavo round dos pênaltis, quando o Tigre finalmente levou o adversário a nocaute com a defesa do pênalti de Derly por Rafael Santos. Com a vitória, a equipe goiana segue para a terceira fase da Copa do Brasil, onde ainda não tem oponente definido.

Praticante e fã de boxe, Alan Mineiro analisou a vitória e quer a equipe colorada forte para defender seu "título" nas próximas partidas.

- É diferente ver o futebol por essa perspectiva. Confesso que não sabia dessa pesquisa e que o Vila poderia ter esse título simbólico após a partida. E interessante que foi uma disputa estudada e muito intensa, como é no boxe. Precisamos continuar focados e manter essa conquista pelo máximo de tempo possível - comentou o camisa 10.

O jogador ainda falou sobre como o boxe o ajuda sua atuação dentro das quatro linhas.

- É um esporte muito completo, que ajuda muito e traz muitos benefícios para a saúde. Além da agilidade e da concentração, tem a questão da esquiva e da força, que ajuda muito nos movimentos dentro de campo - concluiu Alan.

O Vila Nova defenderá seu cinturão pela primeira vez no próximo sábado, quando enfrenta o CRAC, no Genervino Fonseca, em jogo válido pela nona rodada do Campeonato Goiano.

Esporte