PUBLICIDADE
Topo

Renovação de aposta de Sampaoli no Santos ainda depende de Peres

Sandry durante partida do Santos - Ivan Storti/Santos FC
Sandry durante partida do Santos Imagem: Ivan Storti/Santos FC

01/03/2019 09h12

O presidente do Santos, José Carlos Peres, ainda não respondeu ao primeiro contrato profissional proposto ao volante Sandry. As negociações estavam sendo tratadas com o gerente da base Marco Maturana.

A última reunião aconteceu na segunda-feira passada. A informação foi inicialmente publicada pelo 'Diário do Peixe'. O L! apurou que a multa rescisória de Sandry ficará na casa dos 100 milhões de euros (cerca de R$ 413 milhões), além de o Alvinegro ter 100% dos direitos econômicos.

A resposta de Peres ainda não aconteceu por estar resolvendo outras negociações, como a do lateral esquerdo Felipe Jonatan. O Santos precisa pagar R$ 6 milhões ao Ceará até esta sexta-feira.

Sandry é uma das apostas do técnico Jorge Sampaoli. O atleta tem sido constantemente relacionado para as partidas do Santos. Ele, inclusive, fez sua estreia na goleada sobre o Bragantino, por 4 a 1, em janeiro. O volante tem duas partidas na temporada.

O volante tem contrato até 31 de janeiro de 2020. Caso o final seja feliz, o acordo seria até o fim de 2022, com renovação automática por mais dois anos

Esporte