PUBLICIDADE
Topo

Esporte

"Como se fosse a primeira", comentou Rafael Sobis sobre estreia da Libertadores

01/03/2019 11h49

Mesmo para atletas acostumados ao pontapé inicial em competições importantes durante a carreira como é o caso do atacante Rafael Sobis, a expectativa é grande pensando no primeiro jogo do Colorado na Libertadores. Na próxima quarta-feira (6), o time de Porto Alegre vai até o Chile enfrentar o Palestino no estádio San Carlos de Apoquindo pela primeira rodada do Grupo A.

Em entrevista concedida pelo avante no CT Parque Gigantes, Sobis relembrou a campanha da equipe no Brasileirão 2018 e comemorou o fato de estar presente em um momento tão importante para a recolocação do clube no cenário continental:

- É como se fosse a primeira. Ainda mais com esse peso de já ter vencido duas. Existe a ansiedade. Já vivi isso no Inter, em outros clubes. É uma competição diferente. O Inter teve um ano todo passado que fez uma boa temporada, qualificou para esse momento. É mais um passo de uma construção que vem sendo feita há um bom tempo. O sentimento é ótimo. Momento é novo. A expectativa é sempre a melhor possível.

Com a experiência de já ter vencido a Libertadores em 2006 e 2010, as duas únicas conquistas do clube no torneio, ele entende que o time precisa ter maturidade suficiente para "ler" o jogo e saber o momento de colocar mais a bola no chão ou mesmo de ser mais competitivo em outros aspectos:

- Principal é saber que muitas vezes, você não consegue jogar. Tem que competir. Muda país, muda clima, tem altitude, muda gramado. Principal é adaptarmos a cada situação. E saber que tem jogo que não vamos jogar bem. Temos que ganhar, corrigir dentro do campo que requer que seja daquele momento. Se esperar o intervalo, talvez seja tarde. Nem sempre o melhor vence. O que vence é o que se adapta melhor. É isso. É o principal, sinceramente.

Rafael Sobis também fez questão de elogiar o primeiro adversário do Colorado na competição além de enxergar no plantel do Inter potencial para evolução estando agora cientes de quem será o oponente.

- Sobre o Palestino, é time que vem num certo embalo, passou por duas eliminatórias. Tem o seu valor. A partir de agora, a gente vai trabalhar em cima disso, de como joga essa equipe. Não sabíamos qual seria o rival. Temos tempo para evoluir, agora temos horizonte. Expectativa é de chegar lá, fazer um bom jogo e sair com uma vitória - finalizou Sobis.

Esporte