PUBLICIDADE
Topo

Botafogo discute judicialmente dívida referente a Henrique Almeida com São Paulo para contratar Diego Souza

01/03/2019 20h22

O Botafogo ainda busca um acerto com o atacante Diego Souza. Entre o clube e o atleta, os valores em relação a salários estão praticamente certos, mas a negociação não avança por conta do São Paulo, que cobra, de acordo com a apuração do LANCE!, em torno de R$ 3 milhões por conta de uma dívida referente a Henrique Almeida, revelado no Tricolor e contratado pelo Glorioso em 2014. O Glorioso não reconhece essa dívida e discute os valores na justiça.

A negociação foi feita pelo então presidente Maurício Assumpção. Carlos Eduardo Pereira, que assumiu o posto em 2015, assumiu a dívida da antiga gestão e, desde então, busca parcelar essa quantia com o São Paulo, que nunca aceitou, pedindo o pagamento da mesma de forma integral, algo que o Botafogo não pode oferecer, por conta das dificuldades financeiras.

Com Nelson Mufarrej, sucessor de Carlos Eduardo Pereira na presidência do clube, a coisa não é diferente. O mandatário também procurou o São Paulo com o objetivo de buscar uma forma de parcelar essa dívida, apesar das partes não concordarem integralmente com os valores. A equipe do Morumbi, por sua vez, permanece irredutível e só vai liberar o jogador mediante o pagamento do valor referente a Henrique Almeida.

Como a negociação foi sacramentada na gestão de Assumpção, o grupo "Mais Botafogo", formado por Carlos Eduardo Pereira e Nelson Mufarrej, não reconhece o valor pedido pelo São Paulo e discute judicialmente sobre as cifras. Na opinião da diretoria do Alvinegro, trata-se de um 'questionamento muito amplo, um processo complexo'.

Apesar das divergências, o que separa Diego Souza do Botafogo é realmente o valor dessa multa da transferência de Henrique Almeida. O Tricolor não abre mão de receber o valor e só liberará o atacante que o Alvinegro quitar a dívida.

Além do Botafogo, outro clube que monitora Diego Souza é o Sport. O Rubro-Negro busca repatriar o atacante e, assim como o Glorioso, ainda não desistiu do negócio referente ao jogador do São Paulo.

Esporte