PUBLICIDADE
Topo

Weverton na Seleção: veja goleiros convocados jogando pelo Palmeiras

28/02/2019 14h53

Ao ser chamado por Tite para amistosos da Seleção Brasileira contra Panamá e República Tcheca, respectivamente, nos dias 23, em Portugal, e 26, em Praga, Weverton quebrou um jejum de quase três anos sem um goleiro do Palmeiras convocado. E entrou para uma lista de nomes importantes no clube.

O Verdão conta com nomes de relevância em sua história e que tiveram chance na equipe nacional, incluindo Emerson Leão e Marcos, campeões de Copa do Mundo. Marcos, inclusive, foi o último goleiro do Palmeiras a ter atuado pelo Brasil, há quase 15 anos: na vitória por 5 a 2 sobre a Seleção da Catalunha, em 25 de maio de 2004.

Confira uma lista com goleiros convocados enquanto jogavam pelo Palmeiras:

JURANDYR

O goleiro, nascido em 1912 e que faleceu em 1972, jogou no clube ainda sob o nome Palestra Itália, acumulando 133 jogos (86 vitórias, 26 empates e 21 derrotas) entre 1935 e 1939. Jurandyr foi o primeiro da posição do time a ser titular da Seleção Brasileira, inclusive exercendo a função na campanha do vice-campeonato do Sul-Americano de 1937 (a atual Copa América), perdendo a decisão para a anfitriã Argentina.

OBERDAN CATTANI

Um dos grandes nomes da posição no país na década de 1940, Oberdan Cattani atuou regularmente pela Seleção entre 1944 e 1949, revezando-se com Barbosa, do Vasco e titular do time na Copa do Mundo de 1950. No Palmeiras, clube que defendeu entre 1941 e 1954, com 353 jogos (211 vitórias, 73 empates e 69 derrotas), foi tão importante que ganhou uma estátua no clube. Faleu em 2014, durante a Copa do Mundo no Brasil, e ganhou homenagens da CBF.

VALDIR DE MORAES

Um dos maiores nomes da história do Palmeiras, defendendo o clube de 1958 a 1968, com 480 jogos (291 vitórias, 96 empates e 93 derrotas). Ganhou espaço na Seleção Brasileira nos anos 1960, inclusive fazendo parte do histórico time do Verdão que representou o Brasil na inauguração do Mineirão, em 7 de setembro de 1965, com vitória por 3 a 0 sobre o Uruguai.

EMERSON LEÃO

Goleiro que mais atuou pelo Palmeiras, com 620 jogos (326 vitórias, 189 empates e 105 derrotas) em duas passagens marcantes, de 1969 a 1978 e de 1984 a 1986, Emerson Leão é um dos grandes nomes da posição na história do futebol brasileiro. Fez carreira na Seleção e, nas quatro Copas do Mundo em que esteve presente (1970, sendo reserva na campanha do título, 1974 e 1978, como titular, e 1986, no banco), foi sempre como jogador do Verdão. É o primeiro da posição na história do clube a ser chamado para um Mundial.

VELLOSO

Outro dos grandes nomes da história do Palmeiras, com 456 jogos (245 vitórias, 120 empates e 91 derrotas) em três passagens marcantes (1988 a 1991; 1993; 1994 a 1999), foi sempre cobrado na Seleção Brasileira. Mas atuou só uma vez, em derrota por 3 a 0 para a Espanha, em amistoso em Gijón, em 12 de setembro de 1990. Na década de 1990, chegou a ser chamado outras vezes, mas sem entrar em campo de novo.

CARLOS

Titular na Copa do Mundo de 1986, e com uma carreira com frequente presença na Seleção, Carlos atuou no Palmeiras em 1992 e foi testado como uma das alternativas do técnico Carlos Alberto Parreira naquela temporada, sendo titular em alguns amistosos.

MARCOS

Um dos principais jogadores da história do Palmeiras também merece destaque na Seleção. Passou a ser nome frequente no Brasil a partir de 1999, foi titular com atuações destacadas na conquista da Copa do Mundo de 2002 e não foi para o Mundial de 2006 por lesão. Ao lado de Leão, Marcos é o único goleiro do Verdão a ir para uma Copa. Desde sua atuação contra a Catalunha, em 2004, um nome do time na posição não entra em campo pela Seleção.

FERNANDO PRASS

Não foi para uma Seleção principal, mas Fernando Prass foi convocado na condição de veterano para a Olimpíada de 2016. O atual camisa 1 do Palmeiras, um dos nomes mais adorados pela torcida do elenco, acabou nem disputando a competição no Rio de Janeiro por contusão. Foi substituído justamente por Weverton, então no Athletico, que pegou pênalti na decisão e garantiu o ouro.

Esporte