PUBLICIDADE
Topo

Superliga Chinesa: Veja quais foram as grandes contratações para temporada que vai começar

28/02/2019 18h02

Está chegando a hora! Neste final de semana, a Super Liga Chinesa terá seu pontapé inicial e, como sempre, teremos muitas novidades dentro de campo. Conhecido pelo forte poderio financeiro, o futebol chinês novamente mostrou força e tirou grandes jogadores do futebol europeu e fez com que a liga recebesse um upgrade técnico.

Assim como vários jogadores chegaram ao futebol chinês, outros grandes nomes deixaram o país, alguns retornando para os gramados brasileiros como Hernanes, que deixou o Hebei Fortune e voltou para o São Paulo, e Diego Tardelli, que deixou o Shandong Luneng e fechou com o Grêmio.

Por conta disso, o LANCE! mostra para você quais foram as principais contratações dos gigantes chineses para esta temporada que está para começar do outro lado do mundo. Confira!

MAROUANE FELLAINI

Depois de cinco anos com o Manchester United, o meio-campista belga Marouane Fellaini deixou os Diabos Vermelhos e se juntou ao Shandong Luneng, time que tem os brasileiros Gil, Róger Guedes, e o italiano Graziano Pellè.

Sem espaço na equipe titular desde que Mourinho foi demitido, Fellaini foi vendido pelo United pelo valor de 10,4 milhões de libras (cerca de R$ 50 milhões na cotação atual), de acordo com as informações da imprensa inglesa.

MAREK HAMSIK

Após 12 temporadas com a camisa do Napoli, chegou a hora do 'adeus' de Marek Hamsik. O meio-campista eslovaco deixou o clube do sul da Itália em que era o jogador com mais partidas e artilheiro máximo, para assinar com o Dalian Yifang.

De acordo com as informações da imprensa italiana, a transferência girou em torno de 20 milhões de euros (R$ 87 milhões), no que foi a maior negociação da história do clube chinês, que ainda conta com o belga Yannick Carrasco, ex-Atlético de Madrid.

HENRIQUE DOURADO

Artilheiro do Brasileirão de 2017 pelo Fluminense, e jogador com mais gols pelo Flamengo e 2018, Henrique Dourado decidiu deixar o futebol brasileiro para 'ceifar' no continente asiático. O brasileiro foi contratado pelo Henan Jianye, clube que esteve próximo do rebaixamento na última temporada.

Diferentemente da maioria das contratações, a negociação de Dourado com o time chinês foi rápida e prática, e foi selada no início desta semana. O brasileiro já pode estrear pelo novo time neste final de semana, mesmo assinando contrato apenas nesta quinta-feira.

LEO BAPTISTAO

Destaque no futebol espanhol, o brasileiro Leo Baptistao deixou o Espanyol e acertou com o Wuhan Zall, time que foi campeão da segunda divisão e que pensa alto na sua segunda temporada na elite do futebol chinês em sua história.

De acordo com as informações da imprensa espanhola, a transferência do brasileiro custou cerca de seis milhões de euros (R$25.4 milhões) para o time chinês. Na contramão, o Espanyol, por sua vez, tirou o craque e o artilheiro da última edição da Superliga Chinesa, o atacante Wu Lei.

SANDRO WAGNER

Em menos de um ano com a camisa do Bayern de Munique, Sandro Wagner decidiu mudar completamente de ares e acertou sua ida para o futebol chinês, onde irá vestir a camisa do Tianjin Teda.

Contratado pelo time bávaro por 13 milhões de euros (R$51.5 milhões na época) junto ao Hoffenheim, no início de 2018, para ser o reserva de Robert Lewandowski, Sandro Wagner teve até uma boa passagem pelo Bayern, mas acabou vendido ao time chinês por menos da metade do preço pago pelo time de Niko Kovac, cerca de 5 milhões de euros (R$21.2 milhões).

MOUSA DEMBÉLÉ

Depois de quase sete anos com a camisa do Tottenham, o belga Mousa Dembélé decidiu deixar a Premier League e rumou para a Superliga Chinesa para acertar com o Guangzhou R&F por 12 milhões de euros (R$ 51,4 milhões), de acordo com a imprensa britânica.

O Guangzhou R&F é casa do ex-corinthiano Zizao e do brasileiro Renatinho, e na última temporada figurou apenas na décima colocação da competição, com apenas quatro pontos a frente da zona de rebaixamento para a segunda divisão.

Esporte