PUBLICIDADE
Topo

Médico do Coritiba aposta em recuperação rápida de Wilson

27/02/2019 17h25

Após sentir uma lesão na mão esquerda, o goleiro Wilson passou por uma cirurgia na última terça-feira e vai passar dois meses no estaleiro. Em coletiva no Couto Pereira, o médico do Coxa, , explicou o procedimento e revelou que, mesmo machucado, o arqueiro pediu para jogar.

'O Wilson, no dia 10 de fevereiro, contra o Operário teve trauma na mão esquerda, no polegar esquerdo, foi atendido em campo, continuou a partida, mas, após segundo exame, foi constatada lesão ligamentar do polegar. O dedo quase saiu do lugar. Esse tipo de lesão tem níveis de gravidade e a dele era indicação cirúrgica. Não foi feito antes porque junto com atleta, comissão técnica e diretoria a gente decidiu que se ele conseguisse, seria importante contar com ele nesses três jogos decisivos. Os treinos e jogos não prejudicaram ele e não trouxeram prejuízo a esta lesão. Com o consentimento do atleta, ele atuou contra URT-MG, Cascavel e Toledo', disse.

Durante a conversa com a imprensa, o médico garantiu que apesar da lesão, Wilson terá uma volta positiva e vai recuperar tranquilamente o nível que a torcida está acostumada a acompanhar.

'No geral, por essa lesão é esperado seis a oito semanas para estar treinando, aproximadamente. Wilson já teve outros problemas e a recuperação dele é fora da média, dedicado, e a equipe vai fazer ele voltar no nível que sempre atuou', declarou.

Sem Wilson, o Coritiba volta a campo no dia 10 de março, quando encara o Cianorte, na abertura do 2º turno do Paranaense.

Esporte