PUBLICIDADE
Topo

'El Clasico': Real tenta primeira vitória sem Cristiano Ronaldo

27/02/2019 08h00

Na semana em que Real Madrid e Barcelona se encontrarão duas vezes no Santiago Bernabéu, uma pelo jogo de volta da semifinal da Copa do Rei, e a outra pelo Campeonato Espanhol, o time merengue terá a missão de quebrar uma escrita que, até certo ponto, incomoda.

Desde a saída de Cristiano Ronaldo para a Juventus, o Real Madrid ainda não venceu o Barcelona e anotou apenas dois gols, enquanto levou seis. Foram apenas duas partidas, onde os merengues, pelo Espanhol, levaram uma sonora goleada por 5 a 1, e ficaram no empate no jogo de ida da Copa do Rei por 1 a 1.

E por conta disso, as partidas desta semana terão um peso diferente para o time da capital espanhola, que precisará reverter essa escrita ingrata e eliminar o fantasma de Cristiano Ronaldo, que cerca o ataque merengue.

COMO FORAM OS DOIS JOGOS SEM CRISTIANO RONALDO ATÉ AQUI?

O primeiro confronto entre Barcelona e Real Madrid sem o craque português no comando de ataque não foi nada bom para o time merengue. Fora de casa, o Real foi completamente anulado e goleado, de forma impiedosa, pelo Barça por um placar de 5 a 1.

Naquela oportunidade, o ataque do Real sofreu com a falta de precisão e de qualidade na hora de finalizar e marcou o único gol na partida com o lateral-esquerdo brasileiro Marcelo.

O PRIMEIRO DUELO NA COPA DO REI

Já no início deste mês de fevereiro, as equipes novamente se encontraram, mas dessa vez pelo jogo de ida válido pela semifinal da Copa do Rei, no Camp Nou, e o Real Madrid até que teve uma atuação aceitavél, mas por conta de vacilos defensivos, acabou ficando no empate por 1 a 1 com o Barça.

No jogo do Camp Nou, os merengues tiveram como destaque a atuação de gente grande de Vinicius Junior pela ponta-esquerda, mas mesmo com Benzema em boa fase, as finalizações de jogadas foram ruins e fizeram falta ao final de partida.

RETROSPECTO DO REAL MADRID COM CR7 vs BARCELONA

Apesar de ter sido a principal engrenagem para era vitoriosa do Real Madrid dos últimos dez anos, Cristiano Ronaldo sempre teve o Barcelona como uma pedra dentro da chuteira.

Em números, o Real Madrid, mesmo com o craque português dentro de campo, não teve vida fácil. Desde 2009, foram 30 jogos contra o Barcelona, com apenas oito vitórias, oito empates, e 14 derrotas para o time azul-grená da Catalunha.

FATAL EM JOGOS DECISIVOS

Mesmo sem vencer muitos jogos com a camisa do Real Madrid contra o Barcelona, Cristiano Ronaldo sabia o momento certo de marcar gols. Em 2011, na final da Copa do Rei, o 'robozão' subiu no terceiro andar para marcar o gol que deu o título ao Real, na prorrogação.

Assim como gol que selou o título de La Liga 11/12 para o Real, o famoso 'Calm Down' no Camp Nou, os dois gols marcados nas semifinais da Copa do Rei em 12/13, e na Supercopa da Espanha, onde em 12/13, marcou dois gols e deu o título, e na edição 17/18, quando marcou um golaço e foi expulso.

OS NÚMEROS

Como já foi mostrado acima, em números gerais, o retrospecto de Cristiano Ronaldo com o Real Madrid contra o Barcelona não é lá os dos mais favoravéis ao craque português.

Foram 30 jogos contra o Barça, com oito vitórias, oito empates e 14 derrotas, anotando 18 gols contra a meta azul-grená, e dando uma assistências. Para efeito de comparação, Lionel Messi venceu 17 vezes o Real, e marcou 26 gols. (Messi disputa o clássico desde 2007). A média de CR7 é de 0,60 gols por jogo, e a do argentino é de 0,68 gol por jogo.

OS MELHORES DO MUNDO

Um fator que pode ser determinante para uma vitória do Real Madrid é o meio-campista Luka Modric. O croata é o melhor jogador do mundo eleito pela FIFA e pela France Football, e pode seguir a dinastia criada por Cristiano Ronaldo para ser decisivo no confronto.

Entretanto, mesmo com todas as premiações da última temporada, Modric não vem correspondendo à altura das atuações de Cristiano Ronaldo, e ainda está devendo na temporada com a camisa do Real. Os clássicos desta semana serão providenciais para uma crescente na temporada do croata.

QUEM PODE SER PROTAGONISTA?

Se o posto de destaque do Real Madrid está vago desde a saída de Cristiano Ronaldo, postulantes ao trono é que não faltam. Além de Benzema, artilheiro da equipe na temporada, e Bale, tecnicamente um dos melhores jogadores do time, o brasileiro Vinicius Junior merece reconhecimento.

O jovem brasileiro tomou a posição no time titular e vem se destacando com a camisa do Real. No jogo de ida da Copa do Rei, foi o autor da jogada que culminou no gol de Benzema, e foi alvo de declarações do treinador do Barça, Ernesto Valverde, que afirmou que não dará uma atenção especial na marcação do brasileiro.

Esporte