PUBLICIDADE
Topo

Promessa canadense do tênis diz que continua confiante para o ano de 2019

24/02/2019 22h03

Rio de Janeiro, 23 fev (EFE).- O tenista Félix Auger-Aliassime, promessa canadense de 18 anos que neste domingo perdeu a final do Rio Open - único torneio ATP 500 da América do Sul -, afirmou que esta derrota não vai lhe tirar o sono e que continua confiante para o resto da temporada.

"Não perderei o sono por causa desta derrota. Mantenho a minha confiança", afirmou o canadense, que se consagrou como o tenista mais jovem do mundo a disputar uma final de um ATP 500.

Apesar de ter surpreendido no Brasil e de ter chegado à final após eliminar no sábado ao uruguaio Pablo Cuevas, campeão do torneio em 2016, Auger-Aliassime caiu na partido pelo título contra o sérvio Laslo Djere, de 23 anos, que também disputou sua primeira final de um ATP 500 e conquistou o primeiro título ATP de sua carreira.

O finalista do Rio Open afirmou que mantém a confiança para o Brasil Open, no qual estreará na próxima terça-feira em São Paulo.

"Vou para São Paulo para continuar jogando e crescendo", disse Auger-Aliassime.

O canadense admitiu que errou muito nos serviços e que perdeu um número exagerado de pontos por duplas faltas (9) na final deste domingo.

"O meu segundo serviço não entrou por alguma razão", admitiu a jovem revelação canadense na entrevista coletiva que concedeu após a final.

Ele acrescentou que "física e psicologicamente estava muito mal", o que atribuiu ao grande esforço que fez no sábado na semifinal para derrotar por 2 sets a 1 (6-3, 3-6 e 6-3) Cuevas, 63º do mundo e campeão no Rio em 2016, e que estava "decepcionado" com sua partida deste domingo. EFE

Esporte