PUBLICIDADE
Topo

Em momentos distintos, City e Chelsea fazem a final da Copa da Liga

23/02/2019 18h00

Após uma goleada impiedosa dos Citizens por 6 a 0 na Premier League há duas semanas, Manchester City e Chelsea se encontram novamente, mas dessa vez para decidir o título da Copa da Liga Inglesa, em Wembley, na tarde deste domingo, às 13h30.

TÍTULO PARA AFASTAR A CRISE

O momento do Chelsea na temporada está longe de ser o melhor que o time já viveu. Apesar de ter conseguido avançar na Liga Europa no meio de semana, os Blues passam por um momento turbulento, principalmente com a chuva de críticas ao trabalho de Maurizio Sarri, que balança no cargo de treinador da equipe.

Além da crise dentro de campo, os Blues foram punidos pela UEFA e não poderão fazer contratações na próxima janela de transferências, o que pode complicar ainda mais o trabalho do técnico italiano. Sarri, por sua vez, pode conquistar seu primeiro título e ganhar um pequeno refresco para o seu trabalho neste domingo, e esquecer da goleada sofrida no dia 10 de fevereiro.

- Tivemos sorte no primeiro jogo com o City na Premier League (onde o Chelsea venceu por 2 a 0) porque estávamos em apuros no primeiro tempo, marcamos no último minuto do primeiro tempo e depois a partida mudou. Fomos azarados no segundo jogo (6 a 0 para o City), porque começamos muito bem durante cinco minutos e depois sofremos um gol estúpido e não conseguimos reagir. Foi um desastre. Para nós é muito importante permanecer no jogo durante muito tempo e para depois poderemos fazer algo - destacou Sarri.

'VAMOS LEVAR A SÉRIO'

Disputando títulos em pelo menos quatro frentes na temporada, o Manchester City tem a chance de conquistar o primeiro deles neste domingo. Na liderança da Premier League, vivo na FA Cup e na Champions League, os Citizens podem levantar o primeiro troféu da temporada e segundo Pep Guardiola, treinador da equipe, mesmo sendo um campeonato de certa forma secundário, um título é um título.

- Marcar gols é a melhor maneira de respeitar a competição e os adversários. Não temos muitos títulos em nossa sala de troféus, então toda vez que temos a chance de estar em uma final, temos que aceitar e estar com fome de conquistar a taça. A única maneira de fazer isso é levar isso a sério - afirmou.

Esporte