PUBLICIDADE
Topo

Tempestade em Curitiba alaga estádio da Vila Capanema

22/02/2019 15h59

Além de causar um gigantesco problema de mobilidade urbana na cidade de Curitiba, com direito a pelo menos seis escolas além de 14 ruas e avenidas inutilizadas, as chuvas que caíram de maneira violenta na última quinta-feira (21) afetaram diretamente a estrutura da Vila Capanema, o estádio do Paraná.

Foi possível visualizar por imagens aéreas que praticamente todo o gramado do Durival Britto além de um bom percentual dos arredores do estádio se encontravam totalmente tomados pela água.

As possíveis justificativas para o ocorrido se dão em muito pelo volume gigantesco de chuvas que caíram, algo que foi cotado como o equivalente a 74% de todo o mês de fevereiro segundo cálculos da Defesa Civil, como também a proximidade do estádio com o Rio Belém.

Essa, infelizmente, não é a primeira vez que esse tipo de problema acontece com o Tricolor. Há pouco menos de um ano, uma tempestade de 54 milímetros no período de duas horas em Curitiba também fez com que as estruturas da Vila Capanema ficassem debaixo d'água.

Esporte