PUBLICIDADE
Topo

Zagueiros decidem, e Atlético abre boa vantagem contra Juventus

20/02/2019 19h01

Foi na raça e na vontade, mas o Atlético de Madrid conseguiu uma vitória no estilo 'Diego Simeone'. Com uma etapa final praticamente sem erros e com os dois zagueiros como atacantes decidindo a partida, os Colchoneros abriram 2 a 0 contra a Juventus, em partida de ida, válida pelas oitavas de finais da Liga dos Campeões. Giménez e Godín marcaram os gols do time espanhol.

Com a vantagem, o Atlético pode perder por até um gol de diferença no jogo de volta que garante a classificação para a próxima fase. Já a Juve, precisa vencer por três gols de diferença para avançar para as quartas de finais da Champions.

CRISTIANO TENTA, OBLAK SALVA

?Algoz recente do Atlético de Madrid enquanto vestia a camisa do Real, Cristiano Ronaldo foi quem teve a primeira chance do jogo para abrir o placar. Em cobrança de falta característica, o camisa 7 soltou um petardo em direção à meta de Oblak, que voou para fazer uma linda defesa.

VAR ATIVO

Após o susto inicial com a cobrança de falta de CR7, o Atleti entrou na partida e começou a criar boas chances no setor ofensivo do campo. Em uma das boas chegadas, De Sciglio derrubou Diego Costa e o árbitro marcou pênalti. Entretanto, o VAR interferiu e avisou que a infração foi cometida fora da área e o árbitro corrigiu a marcação.

TRAVE SALVA JUVE

Já no segundo tempo, o Atleti manteve o ritmo no qual terminou a etapa inicial e continuou encurralando a Juve em busca do que daria a vantagem no placar de jogo. Em lançamento longo, Griezmann saiu frente a frente com Szczesny e tentou encobrir o goleiro da Juve. O polonês conseguiu desviar a bola, que beijou o travessão e não balançou as redes, para azar dos Colchoneros.

VAR IMPEDE LEI DO EX

Com uma passagem marcante pela Juventus após saída do Real Madrid, Álvaro Morata entrou durante a segunda etapa para substituir Diego Costa. E na primeira chance do espanhol, cabeçada perfeita para colocar a bola na rede e explodir o Wanda Metropolitano. Entretanto, na hora de subir, Morata empurrou Chiellini e na revisão do VAR, a jogada foi anulada por falta.

AGORA SIM!

Depois de ter duas chances e parar no árbitro de vídeo, o Atlético de Madrid finalmente conseguiu balançar as redes para valer. Após cruzamento na área, aos 33 minutos, na altura da marca do pênalti, Morata testou, Mandzukic rebateu, e no rebote, Giménez aproveitou o gol vazio e abriu o placar em Madri.

CAPITÃO AUMENTA

?Com um pulsante e vibrante Wanda Metropolitano, o Atlético de Madrid aproveitou o bom momento na partida para aumentar a vantagem no confronto. Em cobrança de falta, a zaga da Juve cortou mal e a bola sobrou nos pés de Godín, que só teve o trabalho de empurrar para as redes e fazer o segundo gol colchonero.

OBLAK SEGURA PRESSÃO

?Na busca por um gol que traria novamente a Juventus para o confronto, a Juventus foi para cima e teve duas oportunidades de ouro para descontar a vantagem do time espanhol. Em cobrança de falta ensaiada, Cristiano Ronaldo rolou para Bernardeschi, que finalizou forte para Oblak operar um milagre. No fim, CR7 teve chance de cabeça, mas testou por cima e viu os Colchoneros comemorarem um resultado providencial para a classificação.

FICHA TÉCNICA

ATLÉTICO DE MADRID 2x0 JUVENTUS

Local: Wanda Metropolitano, Madri-ESP

Data/Hora: 20/02/2019 - 17h (horário de Brasília)

Árbitro: Felix Zwayer (ALE)

Auxiliares: Thorsten Schiffner (ALE) e Marco Achmüller (ALE)

VAR: Bastian Dankert (ALE)

Cartões Amarelos: Diego Costa - 8'/1T, Thomas Partey 45'/1T, Griezmann 44'/2T (ATM); Alex Sandro 10'/2T (JUV)

Gols: Giménez 33'2/T (1-0), Godín 38'/2T (2-0)

ATLÉTICO DE MADRID: Oblak; Juanfran, Giménez, Godín e Filipe Luís; Thomas Partey (Lemar), Saúl, Rodri e Koke (Correa); Grizemann e Diego Costa (Morata).

Técnico: Diego Simeone

JUVENTUS: Szczesny; De Sciglio, Bonucci, Chellini e Alex Sandro; Pjanic, Bentancur e Matuidi (Cancelo); Dybala (Bernardeschi), Mandzukic e Cristiano Ronaldo.

Técnico: Massimiliano Allegri

Esporte