PUBLICIDADE
Topo

Khedira trata bem arritmia cardíaca e deve voltar à Juventus em um mês

20/02/2019 15h33

A Juventus informou que a arritmia cardíaca do meia Sami Khedira, que o tirou do jogo contra o Atlético de Madrid nesta quarta-feira, pelas oitavas de final da Liga dos Campeões, não é grave. De acordo com o clube italiano, o jogador deve voltar a atuar em até um mês.

Khedira ficou em Turim para fazer exames médicos e, segundo revelou a Juventus, o jogador foi submetido a "estudos eletrofisiológicos" e por uma ablação, que é a introdução de cateteres por furos ou punções para eliminar alterações no ritmo cardíaco.

Se o prazo de um mês for seguido à risca, Khedira perderá quatro jogos do Campeonato Italiano (Bologna, Napoli, Udinese e Genoa) e a volta contra o Atlético de Madrid, que será no dia 13 de março, em Turim.

Khedira tem contrato com a Juventus até junho de 2021. Nesta temporada, o meia alemão disputou 15 partidas e fez dois gols.

Esporte