Topo

Flu deve R$ 2,4 mi e tem cinco dias para evitar exclusão do Ato Trabalhista

Mailson Santana/Fluminense
Presidente Pedro Abad concede entrevista coletiva no Fluminense Imagem: Mailson Santana/Fluminense
do UOL

Do UOL, no Rio de Janeiro

2019-02-20T11:54:59

20/02/2019 11h54

Com uma dívida de R$ 2,4 milhões junto ao Ato Trabalhista, o Fluminense foi notificado e recebeu um prazo de cinco dias para regularizar a pendência. Caso contrário, o Tricolor pode ser excluído do parcelamento pago mensalmente para quitar débitos com ex-jogadores e ex-funcionários. A informação foi inicialmente veiculada pelo "Globoesporte".

O Ato Trabalhista evita bloqueios judiciais das receitas e, atualmente, perdê-lo seria um enorme problema para o clube, que encara situação financeira delicadíssima, inclusive com greve dos jogadores por seguidos atrasos salariais.

A notificação ao Fluminense está no Diário Oficial de Justiça e informa que os meses de dezembro (2018) e janeiro (2019) estão em atraso. Foi solicitado que o Tricolor resolva as pendências dentro do prazo estipulado.

Por sua vez, o Fluminense informa que o mês de dezembro foi quitado e que a mobilização no momento está voltada para equacionar a pendência de janeiro e manter o clube no importante Ato Trabalhista.

Mais Esporte